quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

leis trabalhistas

tenho, tinha outros posts aqui, mas resolvi falar disso.
todo país tem suas leis, imagina na Alemanha!
nem sei se deveria estar falando, mas vamos lá...
Acho que já falei que meu contrato de trabalho lá na Clínica era de 1 ano.
Isso quer dizer befristet em alemao, ou seja contrato de trabalho por tempo determinado.
Masssss  dentro desse período eu passei pelo estágio probatório, vou falar da minha realidade, esse EP foi de 6 meses dentro desse período de 1 ano, ou seja se eles quizessem me mandar embora me mandariam e ponto, mas eba fiquei e sobrevive, verdade seja dita, lá eles precisam de mais pessoas e eles sabem disso...
Entao agora em fevereiro faz 1 ano que estou lá na clínica.
Eu pensei que agora eu seria contratada por tempo indeterminado unbefristet.
Bobinha eu, nananinanao, apenas a lei trabalhista diz que o empregdor pode prolongar o seu contrato.
O que isso quer dizer aqui?
O empregador prolonga o contrato por mais 6 meses e depois por mais 6 meses e entao a lei diz que o empregado tem que ser contratado por tempo indeterminado no caso unbefristet.
Ou seja o contrato determinado dura no total 2 anos.
Essa semana recebi o primeiro prolongamento de 6 meses do meu contrato pelo correio (a clínica é uma empresa, nada é pessoal, tudo eles mandam pelo correio) na hora fiquei sem entender pq só 6 meses, mas no outro dia conversei com colegas e eles disseram que é a lei e tb pesquisei na net, no site do Arbeitsamt e outros.
Já tava pensando em perguntar pro chefe se ele nao tava satisfeito, lalalala, mas tb meu chefe tem outros chefes acima, da parte administratvia e jurídica que nao sao bobos e se beneficiam da lei é claro, é óbvio.
Amanha levo assinado e aproveito pra dar uma de inocente pro meu chefe e pergunto hehehe.
Ah! falei de novo pro marido quero falar com a Merkel, isso nao tá certo, ele ri de mim, da minha loucura, acho que um dia mesmo ainda vou escrever pra Merkel ou pra outro político da hora sobre as minhas queixas e lutas como estrangeira nesse país kakaka
Me lembrei de Marx, de Engels o Capital, trabalhador, patrao-empregador, mercado de trabalho, capitalismo (ainda mais na Alemanha to aqui viajando nas idéias...) to ficando loka, nao reparem, rs.
Entao é isso umas informacoeszinhas, espero ter ajudado.... :)

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

como diário

Como diário, nao como isso rs.
Dá pra entender +rs.
Tô de folga hj, por isso aproveito p escrever enquanto a vontade tá aqui.

Primeiro vou falar de ontem.
Eu compro tickete mensal pra ir todos os dias pro trabalho e o meu tava vencido, entao tive que comprar o ticket só de ida e lá na cidade que trabalho que fica 10 minutos de trem de onde moro eu compraria o ticket mensal que custa quase 62,00 euros.
Ontem quando comprei esse ticket só de ida tava custando 2,40 euros, ou seja, 0,10 centavos a mais.
Desde que moro na Alemanha esse ticket aumenta de poquinho em poquinho e vc nem sente, sao esses 0,10 centavos sempre, lembro que já comprei o ticket por 2,20.
Eu fiquei puta, como assim aumentou, pq?
O salário de quem trabalha na DB aumentou tb?
O meu salário e dos outros aumentou tb?
Sei que sao centavos, mas nao acho justo e o ticket mensal agora sao quase 65,00 euros.
A noite falei pro marido e disse que queria escrever pra DB, pra Angela Merkel, pro raio que o parta.
Marido ria da minha revolta.
Ele disse que nao ia adiantar que a DB é privada, que eles alegam que esse pequeno aumento tem motivo, como manutencao das ferrovias, tralalala...
Falou tb que em Stuttgart por exemplo estao construindo uma nova estacao que custaria nao sei quantos bilhoes de euros e que esse valor agora esta bem mais alto e que isso tá o maior bafafa.
Poxa entao vai ficar por isso mesmo.
Revoltada em nao poder fazer nada.

E hoje.
Resolvi cozinhar um peixinho com camaroes e molho.
Aproveito pra dar a dica que vcs que moram na Alemanha podem encontrar peixe Dorade no Aldi, é bom, é peixe com tudo, mas todo limpinho, prefiro assim, do que os filés da vida que nao tem gosto de nada.
Sim mas peixe aqui é congelado, é uma obra comer um peixe que fique gostoso, fazer o que né se adaptar.
Ah! Terca foi aniversario do marido cozinhei Schweinebraten com Kartoffelknödel e fiz bolo de chocolate, ficou uma delícia e hj acho que vou fazer outro bolinho.

Tenho pensado.
Como as redes sociais estao chatas.
Pra mim o Face entao credo tá podre, nada a acrescentar.
Nao ando achando graca nas redes sociais, sei lá tao vazio, fiz a pouco o Instagram, o Pinterest, mas chato tb, hummm to precisando de dicas legais, me digam, oh eu que to chata..., to com vontade de desligar tudo até o blog, mas ainda nao decidi.


Entao é isso :)

domingo, 19 de janeiro de 2014

os depressivos

Bem lá na clínica temos os pacientes com problemas ortopédicos e pacientes com problemas psiquicos.
Esse segundo grupo sao de pacientes com vamos dizer assim problemas de depressao.
Por terem algum problema psiquico eles as vezes criam na cabeca que tem alguma intolerancia, alergia, enfim, tipo a lactose, frutose, gluten ou colesterol e outros, muitos outros.
Sei q realmente tem gente com problemas assim, mas muita coisa  é do psiquico entende.
Como diz o ditado cabeca vazia oficina do capiroto.
Esses pacientes sao jovens, jovens em idade produtiva, que podem trabalhar, diferente dos pacientes ortopedicos que sao idosos com ossos fracos que sofreram alguma fratura...
Sim ultimamente tenho sido escalada quase todos os dias pra atender os depressivos.
Nessa ala de depressivos há alemaes e estrangeiros, os estrangeiros a maioria sao turcos, mas ja apareceu de outras nacionalidades.
Esses pacientes principalmente os alemaes sabem que sou estrangeira.
Conversando com um ou com outro de vez em quando, os alemaes nao se mostram muito, mas ja teve alemao que me disse que conversar comigo fez o seu dia melhor.
Dos estrangeiros, em duas ocasioes diferentes, turcas me perguntaram sobre trabalho.
A primeira turca me perguntou quanto tempo eu trabalhava ali, que queria o meu contato, enfim.
A segunda turca me perguntou parecido, quanto eu ganhava por hora e tal e o papo foi alem.
A incentivei a mandar curriculos e a encorajei a acreditar que iria conseguir.
Detalhe o alemao dela era melhor que o meu e ainda vive aqui há mais tempo.
Pelo que percebi esses pacientes a maioria sao desempregados, ociosos.
Deu pra sacar que essas pessoas estao em depressao por nao terem trabalho.
Mas gente a pessoa pergunta pra mim quanto eu ganho por hora.
Eu acho que o mal da humanidade é querer muito e fazer pouco.
Se eu for fazer uma comparacao eu trabalho desde 2010 aqui.
E tudo foi uma crescente.
Ninguém ou a maioria nao comeca lá em cima.
Ninguém  ou a maioria nao comeca no emprego dos sonhos.
Meu primeiro trabalho eu ganhava pouco e era regulamentado, tudo direitinho como a Alemanha impoe, mas era meu primeiro trampo por aqui.
O meu alemao tava no ABC.
No meu segundo trabalho já ganhva mais e o alemao ja tava melhorzinho.
 E agora no terceiro trabalho estou ganhando bem mais e por estar todos os dias com alemaes, a timidez aos poucos vai diminuindo, meu alemao melhorou mais, principalmente o ouvir e o falar a gente vai nem que seja na loka.
Isso nao quer dizer que to ganhando horrores e nem que meu alemao é como um nativo, alemao pra mim será um aprendizado pra toda vida, essa é minha opiniao hoje.
Há possibilidades, há sim, vamos trabalhar com flores, com bichos, com criancas, com idosos, com alimentacao, com organizacao.
Vamos comecar algo, dê uma chance pro novo, pro diferente.
Tente, se nao gostar mude, procure outra praia.
E escada se sobe de degrau em degrau.



domingo, 5 de janeiro de 2014

olá...

Olá!
O Natal já foi!
O Ano Novo 2014 já está aqui!
As comemoracoes de fim de ano se foram.
Esperancas e Promessas...
Todo final de ano é a mesma coisa.
É bom, mas todo dia é um novo dia e todos os dias estamos a viver coisas novas, mesmo que sejam mínimas e nao percebamos.
O meu final de ano foi tranquilo como sempre, gracias.
Tive livre dia 24 de dezembro que nao é feriado na Alemanha, mas se quizer comprar alguma coisa corra, tudo fecha as 13.00 horas. Dia 24 aqui no comeco da noite tem a ceia natalina, passei com marido e sogra, minha familia aqui e saboreamos Raclette, delícia. *
Feriado aqui sao dias 25 e 26 e trabalhei.
Tive outro dia livre dia 27 e trabalhei de novo dia 31 e por pouco nao trabalhei dia 1 de janeiro.
 Dia 31 depois do trabalho mesmo sem muito animo, pq estava cansada fomos comemorar na casa de uma amiga com varios amigos alemaes, todos levaram comidas, muitas saladas, baguetes e bebidas e como de costume a meia-noite soltamos fogos, simples e aconchegante.*
Como falei no post anterior muitas colegas estavam doentes e quase sobrou pra mim no primeiro dia do ano.
Falei com o chefe antes dele sair de férias e ele me  deu esse dia livre.
A gerente ainda me sondou depois e disse que esse dia tinha sido o meu único pedido ao chefe e ele me atendeu.
Ela entendeu, estou sempre lá disponível. Detalhe na clínica em dezembro nao se pode tirar férias, a nao ser os chefoes, claro.
Mas sabe se tivesse que trabalhar tb nao morreria, nao sou a única, sao muitos a trabalhar em dias assim, ainda mais em ambientes da área da saúde.

#evamoquevamo# :)

* adendo da seca e chata que as vezes pareco ser e sou, mas tb sou doce e como esse é meu espaco, pq fui eu que criei e escrevo de acordo com meu estado de espírito que um dia pode estar bom e outro nem tanto e tb posso escrever qualquer coisa, seja interessante ou merda, mas a todos que passam por aqui e me acompanham e gostam meu respeito e aos outros respeito tb e isso nao é nada pessoal é geral, humpf, pronto falei...