sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

das histórias

Hoje vou contar uma história q aconteceu comigo aqui na Alemanha há algum tempo.

Qaundo vim morar na Alemanha decidi que tinha que comecar a me aculturar o mais rápido possível com a cultura alema e o primeiro passo foi estudar o idioma e assim o fiz.

Nao tinha muito contato com brasileiros, os poucos que conhecia estabeleci um limite, até pq os brasileiros por aqui sao muito estranhos, tive uma má impressao deles, nao senti abertura para amizades verdadeiras.

Mas isso nao descarta a falta da nossa cultura, eu sentia falta de brasileiros, de gente como eu e principalmende de falar português, minha língua materna, esse nome materno já diz tudo.

Me lembro de um dia estar em um churrasco alemao, meu alemao ja estava bom, mas aí chegou um espanhol e nos identificamos, pela proximidade do idioma, nós nos entendiamos, senti que tanto eu e ele estavamos muito alegres por um momento na Alemanha nao ter que falar alemao, na verdade estavamos sentindo falta de algo mais proximo de nós, por exemplo o idioma, pois nao precisavamos nos esforcar tanto mentalmente como p falar alemao, fluía facilmente.

Sim continuamos nosso papo no portunhol, os alemaes ficavam nos olhando, querendo entender, incomodados um disse pq vcs nao falam alemao? Poxa! Quer dizer que somos proibidos agora de pelo uma vez na vida (ou na morte) de falar nosso idioma? Minha resposta foi nao e continuamos nosso papo no portunhol.

Agora no ano novo eu era a única estrangeira no meio de um grupo de alemaes, nao conhecia todo mundo, conversa vai conversa vem,  alguns perguntaram de onde eu era e eu disse do Brasil, nessa hora falaram nossa vc fala bom alemao, tenho ouvido isso ultimamente, nao estou falando isso para me gabar ou aparecer, mas é pq realmente estou falando bem, no meu trablho escuto a mesma coisa, mas o que mudou mesmo é que antes eu era insegura, envergonhada e hj falo com mais seguranca, sem vergonha, as palavras  fluem naturalmente.

Sim mas na hora da chegada do ano novo brindei em alemao,  mas fiz questao de brindar tb em português e de deixar bem claro isso para os alemaes que estou aqui há quase 4 anos e que por mais que fale alemao, sou brasileira, tenho minha lingua materna e sinto falta das minha raízes, sou gente, nao sou só uma estrangeira q tem q se adptar, adaptada ja estou.

18 comentários:

  1. Que linda essa história Barb! Só me inspirou ainda mais a correr atrás, não perder tempo e tentar aprender a língua o mais rápido possível (e quero aprender bem que nem você! hehe). Claro que você é brasileira, e você deve falar português quando seu coração pediiiiiiir! Não liga pros alemães não, tá? hehe

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ma fala sério vc é poliglota, fala alemao, estuda francês e dá pitaco no norueguês e sei lá mais o q, para né, rs, brincadeiras a parte sei q vc é aplicada e demonstra prazer no estudo de idiomas e é isso mesmo temos q correr atrás e o português é p sempre, p vida toda, independente do lugar e da situacao ele irá comigo sempre :)

      Excluir
  2. O tema brasilidade rennnnnnnnde, e muito ainda mais se o foco for amizades, eu confesso que me achei quando vc disse, sentir falta nao de brasileiras mas de gente as quais vc se identifique(concordo) eu tambem sinto.
    No meu caso o idioma daqui foi o que me levou pra fora, e ter mesmo boas amizades(mesmo que poucas) e engracado nenhuma delas sao do Brasil, parece ser o preco que pagamos por sermos im cadim mais seletivos, o importante e saber do valor que se tem sabe amiga, e nao deixar nunca que ninguem mude isso, seja ele Brasileiro ou nao.
    Amei o texto, bjao.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wi aqui onde moro tem brasileiros, mas é isso mesmo nao me identifico, esses nao tem nada haver comigo, gostaria sim de ter amigos brazucas por aqui, mas se tiver 1 ou 2 contatos bons é muito, mas fazer o que né, meu circulo de amizade é mesmo alemao, pessoas simples, legais e maisss amigas mesmo.

      Excluir
  3. Amei, nem se preocupe com essa coisa do "se gabar", histórias assim só nos inspiram mais e nos fazem crer que quando realmente queremos, conseguimos! :)))))
    O sentir falta da lingua... vc gosta de música ? fazer os serviços domésticos ouvindo musica, na net mesmo tem um monte de radio online, tem a Nova Brasil FM mto boa, musica de qualidade, no trabalho se for possivel vc ouvir baixinho, vai fazendo download e montando um arquivo.Ah! dia desses por aqui passou uma série bem engraçada de 08 episódios de 30 minutos cada, foi sobre aquela história que o mundo ia acabar no dia 21 de dezembro de 2012, se chama "Como aproveitar o fim do mundo" com Aline Morais e Danton Melo, vale mto a pena ver, no you tube tem ela toda, já dá pra imaginar né, a galera enfia o pé na jaca - rsrsr.
    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu eu a amo MPB e trouxe alguns, poucos CDs e ainda tem a net que me salva e vou ver essa dica viu no youtoba ah e como ja disse o português minha/nossa lingua é p sempre :)

      Excluir
  4. Poxa eu tb sinto falta de falar portugues e parece q isso afeta realmente a pessoa ehehheheh. Se liga q no Brasil eu só escutava Slayer, Motorhead, Iron Maiden e afins e aqui eu vira e mexe coloco uma Marina Lima, Falamansa, Tim Maia ehehehheheh.
    Sabe q eu odeio quando alguem chega e fala "Snakk Norsk" Eu sei q eu preciso treinar mais e falar o máximo possivel, mas quando eu estou maior empolgada contando algo em ingles e nego fala isso eu simplesmente viro e saio ou não conto mais a história. Vá à merda tb. Eles não lembram o quanto é desgastante (pra mim pois estou ainda engatinhando na lingua né) ficar pensando em palavras e gramatica toda hora. Mas é assim mesmo né. Feliz em saber q vc já esta ai detonando o alemão. E tem q se gabar mesmo, afinal é mó trampo pra aprender ehehhehhe.

    BJSSSS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dri eu tb fico p da vida e o mais engracado é q os alemaes a maioria falam ingles e quando tem oportunidade de falar ingles c alguem q nao fala alemao mas fala ingles praticam como se estivessem treinando p desenferrujar e eles nao tem nem aí se outros nao estao entendendo, deveria ser assim nao só p ingles mas para qualquer outro idioma e isso nao quer dizer q vc nao fale ou nao queira falar a lingua do país q vc está...

      Excluir
  5. Taí, dei valor!!!Vc não precisa deixar de ser quem é só pq mora fora do país de origem e não há nada de errado em falar no portunhol, afinal os outros estavam cercados de alemães.

    Eu sinto falta de falar português mas sinto mais falta de brasileiro com qualidade pra gente falar português.Eu sempre converso com um senhor no meu trabalho que é casado com uma brasileira.O portuga dele é super bom.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. taí Gi tb gostei "brasileiros com qualidade" e nao quero dizer com isso que só os alemaes tem qualidade pq já encontrei alemao nojinho por aqui tb e português é minha primeira lingua, de coracao, de alma e o alemao é só a segunda por eu estar morando aqui, mas gosto de alemao tb, sinto orgulho de conseguir me comunicar nesse idioma, talvez assim tb seria se estivesse em outro país,... bjs.

      Excluir
  6. Olá! Cheguei por aqui agora, fui clicando, clicando e parei aqui, rs... Me identifiquei muiiito com este post, pois hoje também já me sinto segura pra conversar em alemão,continuo estudando (estou no B2) e já me dizem que eu falo bem (sem querer me gabar tb..rs..). Sei tb que cometo erros, mas se não se erra não se aprende né?
    Amizade é realmente um assunto que rende. O que não falta aqui pelos meus lados são brasileiros, de todo o tipo, de todo o jeito. Eu tenho amizade com algumas brasileiras, e são pessoas com as quais tenho afinidade e sei que posso contar. O simples fato de ser brasileiro(a) não garante amizade né. Bom conhecer o seu blog. Voltarei aqui mais vezes :-).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sandra seja bem vinda e volte sempre, quando se muda pra um outro país uma hora há de se falar o idioma e estudando é sempre melhor e errar é normal, nao somos maquinas até essas empacam de vez em quando e precisam ser reparadas; ah! e brasileiros dá um tema pra debate rs, mas nao quero dizer com isso que brasieleiros sao ruins e os alemaes sao bam-bam-bam, nada disso,...ah e vou dar uma passadinha lá no seu canto :)

      Excluir
  7. Tem um ano que estou vivendo aqui, mas não tenho nada contra ter contatos com brasileiros ou alemães ou qualquer outra nacionalidade, contatos são contatos. Gosto de comunicação, mas também confesso que não encontrei nenhum brasileiro por essas bandas, nem estranhos e nem legais...rsrs
    Meu alemão estagnou porque tive que parar de fazer o curso de integração, mas assisto muita televisão alemã e posso dizer que estou bem melhor do que quando cheguei aqui ano passado. Já assisto os filmes em alemão sem problemas, já leio em alemão recorrendo pouco ao dicionário, mas meu problema é falar. Acho que é pura insegurança mesmo, como você disse no seu post. Meu marido não fala português e então falamos muito inglês ainda mas o meu marido me ajuda muito com o almeão e ainda sim o inglês impera. Mas como sou positiva acho que só tende a melhorar daqui pra frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mallu é isso aí contatos sao contatos, mas vou te dizer se for fofoqueiro, fuxiqueiro, metido a rico,... invejoso e só sabe falar mal dos outros, nao quero nem pra contato nao bate com meu sangue quente (infelizmente conheci estranhos assim por aqui)e isso nao to falando so de brasileiros seja lá o povo que for,... e vc parou o curso com certeza deve ter seus motivos, mas é isso aí dá pra estudar em casa ou voltar depois pra um curso e é bom quando o marido é parceiro e ajuda e o fator tempo tb é determinante, pouco a pouco vamos melhorando...

      Excluir
  8. Eu tinha um monte de coisas para comentar.. ate ler que voce esta na Alemanha ha quase 4 anos e me sentir a maior estupida desse mundo, porque eu estou aqui na Bélgica ha 3 anos e meio e nao me sinto nada fluente... as pessoas falam q eu ando falando bem, mas a verdade eh que eu pareço uma retardada gaguejando.. hunfs...

    =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu doutora, física, trabalha numa usina e tals rs, para né, vc deve sim já está falando bem, quando eu digo que estou falando bem nao quer dizer que falo 100% e vc fala inglês ajuda ou atrapalha?! eu nao falo inglês, mas falo LIBRAS, verdade viu ajuda ou atrapalha 2x?! liga nao, eu sou loka :)

      Excluir
  9. Barb! que bommm... é legal ter esse retorno né?
    Nossa se um dia ouvir isso ficaria muito feliz e me "gabaria"!!! rsrsr... por que essa lingua é foda de aprender... olha fique orgulhosa viu... não é fácil! pode gabar que eu deixo.... rsrsrsr
    beijinhosssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana esse dia vai chegar, é essa língua é fodástica, mas nós somos mais... bjs.

      Excluir