sábado, 26 de janeiro de 2013

Niederlassungserlaubnis

Finalmente!!! Recebi essa semana e só felicidade.
 Mas o que é isso oi? Simplesmente a residência definitiva. Nao preciso mais renovar visto. Aqui na minha regiao recebi 2 vistos o primeiro só de 1 ano e depois de 2 anos, agora nao tenho mais que ir naquela merda de lugar pedir, renovar visto. O documento é mais ou menos assim.


Detalhe que a moca bonita falou que nao adianta andar só com esse documento aí, se um dia na vida assim acontecer de haver controle, policiais me pararem e me pedirem documentos tenho que andar com o passaporte brasilis tb, só ele nao basta, entao ele é o fraco, pq quem eu sou de verdade é brasileira e ponto...

Pra receber esse negócio aí tive que:
Estar/morar na Alemanha, no minimo 3 anos.
Tirar um novo passaporte brasileiro, pq o antigo ainda estava com o nome de solteira.
Apresentar documento de moradia, se alugado, contrato de aluguel.
Do proprietário do imóvel um questionário respondido e assinado por ele falando desde qaundo moramos no imóvel e se pagamos diretinho, oiaa...
Nebenkosten, que diz quanto se gasta com água e sei lá + o que.
Os três últimos contra-cheques do marido (é pra ver se ele pode me sustentar oi).
Da estrangeira, eu no caso, o Certificado do Curso de Integracao, curso de alemao até o B1 (eu tenho, senao colega, nao rola esse documento nao...).
Se a estrangeira trabalha, apresentar tb 3 os últimos contra-cheques, eu apresentei do trabalho e do pequeno trabalho (Nebenjob), a loka e o medo.
Levar uma fotinha.
Pagar de 135 até 250 euros, gracias que só pagamos 135 euros, mas doeu, sinto muitas dores no bolso.
Eles avaliam tudo, caso o que ele e (vc) ganhem nao dê pra se sustentarem de acordo com os cálculos que os Nazi fazem vc nao recebe oi... e aí? Nao sei, recebi rs.
E esperar quase uma vida, quase 2 meses, pq tudo vai pra central em Berlin (e eu ficava pensando tá demorando d+ esse negócio, eles vao me negar) vixe agora toda a Alemanha já sabe de mim. To famosa, acabou a privacidade rs óh o medo, medaaa...

Entao é isso, foi isso, mas quero +++ hum... :)





  


sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

das histórias

Hoje vou contar uma história q aconteceu comigo aqui na Alemanha há algum tempo.

Qaundo vim morar na Alemanha decidi que tinha que comecar a me aculturar o mais rápido possível com a cultura alema e o primeiro passo foi estudar o idioma e assim o fiz.

Nao tinha muito contato com brasileiros, os poucos que conhecia estabeleci um limite, até pq os brasileiros por aqui sao muito estranhos, tive uma má impressao deles, nao senti abertura para amizades verdadeiras.

Mas isso nao descarta a falta da nossa cultura, eu sentia falta de brasileiros, de gente como eu e principalmende de falar português, minha língua materna, esse nome materno já diz tudo.

Me lembro de um dia estar em um churrasco alemao, meu alemao ja estava bom, mas aí chegou um espanhol e nos identificamos, pela proximidade do idioma, nós nos entendiamos, senti que tanto eu e ele estavamos muito alegres por um momento na Alemanha nao ter que falar alemao, na verdade estavamos sentindo falta de algo mais proximo de nós, por exemplo o idioma, pois nao precisavamos nos esforcar tanto mentalmente como p falar alemao, fluía facilmente.

Sim continuamos nosso papo no portunhol, os alemaes ficavam nos olhando, querendo entender, incomodados um disse pq vcs nao falam alemao? Poxa! Quer dizer que somos proibidos agora de pelo uma vez na vida (ou na morte) de falar nosso idioma? Minha resposta foi nao e continuamos nosso papo no portunhol.

Agora no ano novo eu era a única estrangeira no meio de um grupo de alemaes, nao conhecia todo mundo, conversa vai conversa vem,  alguns perguntaram de onde eu era e eu disse do Brasil, nessa hora falaram nossa vc fala bom alemao, tenho ouvido isso ultimamente, nao estou falando isso para me gabar ou aparecer, mas é pq realmente estou falando bem, no meu trablho escuto a mesma coisa, mas o que mudou mesmo é que antes eu era insegura, envergonhada e hj falo com mais seguranca, sem vergonha, as palavras  fluem naturalmente.

Sim mas na hora da chegada do ano novo brindei em alemao,  mas fiz questao de brindar tb em português e de deixar bem claro isso para os alemaes que estou aqui há quase 4 anos e que por mais que fale alemao, sou brasileira, tenho minha lingua materna e sinto falta das minha raízes, sou gente, nao sou só uma estrangeira q tem q se adptar, adaptada ja estou.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Posts...

Gente eu até tenho o que postar, mas ando cansada, com cositas p resolver, trabalho, idéias,... enfim, nao vou sumir, mas assim q der volto e dou o ar da graca ok :D

sábado, 5 de janeiro de 2013

2013...

q número 13, eu gosto dos números ímpares, acho diferente, uns dizem q nao é bom número, mas eu penso diferente e acho q esse ano vai ser bom, to esperando coisas boas, aff q papo esse meu né, a loka ;)

mas antes quero falar do/a Sylvester, por aqui na Alemanha a maioria das pessoas se reúne na casa de alguém, tem a comida típica Raclette ou Fondue e por aí vai, coisa simples, pessoas simples nada de branco e etc., cada um leva algum item comidas e/ou bebidas, aí chega meia- noite todo mundo sai e solta uns foguinhos, coisa tímida, nada como as bombas no Brasil, depois nao demora muito todos pouco a pouco vao pra casa.

Eu fui cedo rá, no primeiro dia do ano fui trampar nos loucos.

 Ah! claro tem uns chiquetoes q vao pra disco, com seus vestidos glamurosos, branco, prata, dourado, ... como se estivessem no Brasil,vi umas fotos assim de brasuzacas por aqui, nada contra...

E o que eu to pensando pra 2013:
1. Quero mais privacidade, controle nas redes sociais.
2. Ler mais, no momento to lendo Fernando Pessoa e Nietzsche.
3. Estudar de novo e mais alemao e outros temas, assuntos...
4. Arrumar certos documentos.
5. Quero outro trampo, mudar.
6. Rever minha família no Brasil.
7. Ah! engravidar!?
8. E chega o resto nao sei mais.

Essa listinha nao tem nada de espetacular, sao coisas simples, da vida de qualquer ser humano...

Um 2013 massa pra todo mundo :)