quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

doenca, truque, safadeza, sonho, pesadelo....

é o seguinte lá no trampo tá todo mundo doente, o povo pra adoecer e outras pagam o pato.

vamos aos casos:

1. colega Zimmer adoeceu cuidando do pai, o pai vive numa cama tem enfermeiros, mas a noite depois do trampo a filha que toma conta e nessa o pai um idoso alemao pesado, nao sei bem o que aconteceu mas por conta do peso do pai, deu algum problema e a Zimmer foi parar no hospital já está em casa, isso aconteceu em outubro e ela só deve voltar em janeiro, é a previsao.

2. colega Kaka tirou férias de 2 semanas, ficou doente por mais 1 semana, colega Kaka voltou a trabalhar por 1 semana e saiu pra operar, operou  e nao sei quando volta, tá de atestado.

3. colega Brot cortou o dedo polegar no trabalho, foi parar no hospital, tá mais de 11 dias em casa, todos comentando foi só um corte no dedo, ela nao ficou com a mao imobilizada, enfim.

4. colega And tirou férias de 1 semana e em seguida ficou doente, ninguém sabe dizer o que aconteceu e nem sei quado ela volta.

5. colega Manu simplesmente adoeceu e sem mais informacoes.

Por conta disso quem tá pagando o pato é quem ficou.

To eu em casa frei, chefe me liga, detalhe tava dormindo, depois de 3 ligacoes retorno e ele pede pra eu ir trabalhar, nao consegui dizer nao e fui, me odeio.

Recebi meu plano de trabalho de dezembro, ninguém pode tirar férias em dezembro, todos sabem, clínica já viu.

Sim todas comparando planos as mais sofridas Eu e colega Sap, eu ainda tive o dia 24 de dezembro livre e foi só, vou trabalhar dia 25 e 26 (esses dias na Alemanha ainda é Natal) vou trabalhar tb dia 31 de dezembro.

Fui falar com o chefe e disse que tinha um desejo ficar frei no dia 1 de Janeiro, ele sorriu falou um monte de coisa blá, blá, blá e mostrou que era o desejo de todas, mas marcou lá, nao me prometeu nada, mas tb nao negou, é esperar.

A colega Sap a citada acima, dizem que ela e o chefe nao se dao muito, mas se engolem, pois ela vai trabalhar durante todo o Natal, nenhum diazinho livre, uma se solidarizou e cedeu um dia pra ela.

Colegas Leni, Anne, Kaka foram muito bem beneficiadas no Natal só trabalharao 1 dia, mas a Kaka já tá doente mesmo deve voltar só em janeiro. Colega And vai trabalhar tudo só no turno da manha há um ódio mortal pairando no ar por conta disso.

Ganhei férias de 1 semana, voltei pro trabalho de acordo com o meu plano, nao fiquei doente, pq já é praxe delas lá fazer isso. Trocaram meu plano e acrescentaram mais 2 dias de trabalho, ontem e dia 30 de dezembro e meu plano tá lá positivao + de 12 horas de horas extras.

Vou deixar meu fone desligado agora quando tiver frei, to de saco cheio, porra liguem pra outra, hj to frei e meu fone ta desligado.

Dezembro nao tem ferias, mas inventando doenca tem férias sim, é o truque, a falta de vontade de trabalhar, ei safadeza alema to te conhecendo.

Calma eu sei que dos casos 2 realmente tem fundamento, da Zimmer e da Kaka (operada).

Gente o negócio ta tao sério que sonhei em alemao, nao me lembro de ter sonhando em alemao, acho que é a primeira vez, sonhei com minhas colegas, com chefes um que nao existia que no sonho era chefe do meu chefe e meu chefe tb estava no sonho, eles me ligando e me procurando pra eu ir trabalhar no meu dia frei e eu fugindo deles, loucura. Detalhe o sonho se passava num lugar, era o Brasil, sonho doido, misturado.

E aí o que vcs acham dessa safadeza alema e outra coisa quem sonha em outra língua e misturado?! ;)

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Sou alema?! ser ou nao ser, sou ou nao sou?!... ;)

Entao gente foi ontem o dia, grande dia, depois de 4 anos.
Recebi ontem a tal nova cidadania, a nacionalidade alema.
Digo logo de antemao que nós brasileiros somos felizes e sortudos, nao se perde a nacionalidade brasileira, ficamos com 2, pois é agora tenho 2.

Nao sei bem o que faco com a anterior e nem o que poderei com a nova, mas ganhos hao de ter, espero :)
Tá, tá o papel diz que sou alema, mas nao me sinto, sabe sempre falo pro marido que sou uma falsa alema.
Tipo os produtos falsificados que vc encontra na Turquia,  um paraíso disso, aqui na Alemanha nao falta programa sobre isso.
 Ou sabe aqueles produtos falsificados que vc compra da China, acho que da Coréia tb, enfim me desculpem os chineses, os coreaos e quem sabe outros asiáticos, mas é assim que me sinto e dou risada.

Sim deixa eu contar como foi, foi ontem as 17:00, mas nao comecou em ponto, uns minutinhos de atraso, no máximo 10, nao se fazem mais alemaes como antigamente.
Fui com marido e sogra, claro dia importante.
Pequena cerimônia, já sabia que ao todo seríamos uns 60 a receber outra nacionalidade.
E assim como eu todos estavam acompanhados de seus familiares.
Éramos poloneses, turcos, libaneses, da Síria (nao sei como fala sirianos rs), da Tunísia , Filipinas, colombiana, francesas, italiano, holandesa e a a brasileira que vos fala, pelo menos foi o que deu pra ouvir.
Tiveram famílias inteiras que receberam, mae e filha, pai e filha (tao bonitinho), irmaos, aqueles que nasceram na Alemanha mas os pais sao estrangeiros, enfim, idosos, adultos, jovens e criancas, de todas as faixas etárias.
A cerimonia foi no Kreiswerwaltung, é uma espécie de Rathaus de uma regiao com pequenas cidades, dizem que em grandes cidades, nao tem cerimonia, nao sei.
À mesa estava a Frau W... que cuida dos assutos ligados a nós imigrantes, todas as vezes que precisei ir ter com ela sempre me tratou bem, gracias, um tiozinho que nunca vi mais gordo, nao sei a funcao dele e o Landrat, ah! e a mídia do Kreis..., vou, vamos sair no jornal kakaka. 
Sim o Landrat, uma espécie de prefeito comecou a falar sobre esse novo passo nas nossas vidas e que a Alemanha é um estado social e pronto a nos ajudar, blá, blá, blá, entao me aguardem, vou atrás dos meus direitos rá rs.
Enquanto ele falava os pequenos tb falavam, tinha cerca de umas 5 criancas pequenas, de 2, 3, quase descontroladas, quase, pais e maes, segurando o fôlego, mas deu tudo certo.
Depois de uma pequena oratória, mandou a gente repetir de pé umas palavras lá, eu e todos repetimos e em bom alemao, foi o elogio que ouvimos.
Depois cantamos o hino, quer dizer foi só o instrumental, só vi cantado marido e sogra, nem a Frau W..., nem o tiozinho e nem o Landrat cantaram, vai ver eles nao sao alemaes de verdade ou nao sabem cantar o hino.
Eu até ensaei em casa, mas nao me arrisquei rs.
Gente o hino alemao é curtinho e já ouvi falar que tem muito alemao que nao sabe cantar, #arremaria# já o brasileiro, enorme de monstro, nao dariam conta rs.
Sim depois comecaram a chamar os nomes, cada um se levantava ia até o Landrat que falava parabéns e recebia o documento Einbürgerungsurkunde e aplausos.
Imagina isso 60 vezes.

Chama daqui, chama dali e nada de chamar meu nome (eles falam o nome e de que país vem) aí comentei com marido - já sei vou ser a última, tinha uma polonesa do meu lado que ouviu e que tava na mesma agunia e disse - que nada acho que serei a última.
Essa polonesa nao foi a última, mas foi a penultima, perdeu pra mim, viu fui a última, a brasileira pra fechar.

Aí depois de mim, veio a hora de festejar, de brindar e foi só isso mesmo, todos foram servidos com suco de laranja misturado com Sekt ou puro Sekt.
Eu claro cachaceira fui no puro Sekt, marido e sogra ficaram no #mixdrinque#, eu queria mais de uma taca, mas tive que me conter, vixe agora sou alema, pura contencao rs.
Sim depois disso fotos, todos tirando fotos com suas famílias nos seus iphones da vida, com o Landrat, com a Frau W... e a moca da mídia tb tirando fotos.

Detalhe guarde como se fosse sua vida esse documento, se perder, seja lá qual for o motivo, nao recebe outro igual.
Depois é só ir no Rathaus da sua cidade claro com o documento e dar entrada no Personalausweiß, identidade e no Pass, passaporte, com certeza nao será de graca.
Mas nao vá no dia seguinte, se controle, segundo a Frau W... depois de uns 3, 4 dias, resumindo 1 semana, melhor assim, pq ela vai dar entrada no sistema sobre vc e sua nova condicao.
E foi assim  :) 

domingo, 24 de novembro de 2013

Steuererklärung

Imposto de renda, acho que é isso traduzindo.
No Brasil pelo que sei vc só declara a partir de um determinado valor e bens em seu nome.
E aqui na Alemanha, como funciona.
Pelo que vi aqui, se vc trabalha e recebe e portanto tem renda, entao no final do ano vc tem que declarar.
Marido claro já declara e eu aqui já declarei 2 vezes.
Quando eu tinha só Nebenjob nao declarava, mas depois com Teilzeit e agora Vollzeit sou obrigada a declarar.
Mas pense fazer isso, é tudo em alemao, muitas palavras, termos novos, claro tive que contar com a ajuda do marido.
Mas cada vez mais, sinto a necessidade de me integrar mais, de entender melhor a vida na Alemanha.
Marido me ajuda, mas quero ser mais independete para entender os processos, para poder resolver certas  coisas, como essas burocráticas, entender papéis.
Coisas de uma vida normal em sociedade seja lá qual for o lugar, o país, como estou na Alemanha, entao tem que ser aqui.
E se ele nao estivesse aqui como eu resolveria...
E vcs o que pensam...

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Schulung

mas o que é Schulung né?
é treinamento.
sim fiz meu primeiro treinamento no trampo.
estavam lá só os novatos
mas já estou lá há 9 meses
uf o tempo de uma gestacao
ah e o povo era todo branco, louro
e pelo visto eu era a única estrangeira no meio da alemanzada
o tema foi Qualitätsmanagement
o ambiente me lembrou os treinamentos que faziamos em uma escola privada da alta onde eu trabalhei no Brasil.
mas claro tudo em alemao, material, palestra, ...
gostei
e que venham outros :)

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

A Carta

A Carta...
mas que carta?
uma carta de amor?
bem que pode ser...
um caso de amor entre mim e a Alemanha
queria tornar esse post poético
ah! quem me dera ser poeta
A Carta
a recebi hoje
entao é o informativo
a Data
a tao esperada Data
para a cerimônia da minha nacionalizacao alema
que será dia 3 dezembro
exatamente as 17 horas
o sentimento
é de alegria e agradecimento
só eu sei o que lutei até agora
e tenho lutado
nao é só cidadania
é a vida como um todo
em outro país
entao até lá
antes de lá
ou depois de lá

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

direto do paraíso das delícias

das coisas gostosas e delícias da vida, de comerrr claro, hummm.

é o seguinte lá no trampo, na clinica nós temos direito a almoco, sobremesa, lanche e só pagamos 25 euros por mês que é descontado do nosso contra-cheque, é super, super barato.
o restaurante é muito bom, o cardápio tem a entrada que pode ser salada ou sopa, tem 3 menüs diferentes, geralmente o primeiro menü é carne, o segundo ave e o terceiro vegetariano e sempre acompanhado de legumes, batatas, arroz ou nudel.
na sexta-feira o menü é composto só de peixes e frutos do mar e  vego e novamente 3 menüs diferentes.
nessa história tenho comido e conhecido muito da comida, tempero e molhos alemaes, além de ter dias de comida internacional como italiana e asiática.
e a comida é muito, muito boa, gostosa mesmo.

sim falando nisso outro dia um dos pratos era polenta.
a origem da polenta é italiana.
já havia comido no Brasil, mas nao dava muito valor.
mas comi na clinica e pirei.
tá eu amo milho, cozido, assado e seus derivados.
e uma coisa que eu amo e comia muito no Brasil no meu café da manha era cuzcuz (nao posso esquecer de citar que nessa lista do café da manha tb tinha bolo de tapioca, beju, pao de queijo) mas aqui nao encontrei o vitamilho nos supermercados e nem uma farinha de milho que desse pra fazer o cuzcuz.
e ao comer a polenta minha memória alimentar foi direto pro cuzcuz.

conversei com a mestre cuca do restaurante e disse que a polenta estava maravilhos e queria a receita.
ela riu e disse que polenta nao é uma comida gostosa, minhas colegas alemaes provaram, mas tb nao aprovaram só a louca aqui.

entao fui atrás de fubá pra fazer a polenta aqui em casa, achei facinho no REAL, apropos amo esse supermercado pra encontrar produtinhos especiais e achei um pacote que tava lá estampadao o nomezao polenta, mas quem quizer fazer polenta essa farinha de milho se chama Maisgries ela é mais granuladinha, nao vao comprar Maismehl pq essa é fininha, só o pó.

resumo da ópera fiz a polenta, fiquei que nem louca pesquisando na net e vendo videos pra ela sair perfeita, já fiz 2 vezes, ficou mara e marido tb aprovou e já comprei mais pacotes pra fazer mais polenta.
e adivinhem como está o meu café da manha que tb tem o café da tardinha, rárárá claro acompanhado de polenta que é a mesma coisa de voce estar comendo cuzcuz de vitamilho.

gente minha polenta depois de pronta eu cubro com parmesao ralado e na hora de comer ainda leva uma manteguinha, aff, para, parei, amanha é dia de eu fazer polenta de novo.

se alguém souber de vitamilho por aqui ou parecido me diga onde bitte :)

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Acasos

 Ontem to eu na Bahnhof esperando meu trem depois do trampo...
Se aproxima um rapaz pedindo informacoes.
Detalhe ele nao falava alemao.
Ele era do Ira.
Esta só há 2 meses na Alemanha.
Ele vem da Itália, diz que falava italiano.
Digo que sou brasileira e falo português.
Comecamos a conversar em italiano-português.
Ele queria saber sobre o determianado horário de um trem, o ajudei.
Sim mas puxei conversa mesmo.
Disse que estudou na Itália, é designer e que está a procura de trabalho na Alemanha, que na Itália trabalho está dificil.
Falei que imaginava, assim como tb está dificil trabalho na Espanha, Portugal, Grecia...
Ele fala inglês tb, eu disse que ele pode conseguir sim trabalho, fala inglês, mas ele tem que falar alemao.
Ele acha alemao muito dificil.
Alemao é dificil, mas só com 2 meses é mais dificil ainda.
A cabeca dele está cheia de idiomas vamos dizer assim, mais um tá complicado.
O aconselhei a investir tb no alemao, será necessario já que busca trabalho aqui.
Com o tempo todos conseguem, espero que ele consiga tb.
Ele disse que na Itália tinha conhecido muitos brasileiros.
Que os brasileiros sao muito legais.
E que o português de Portugal é muito dificil para ele.
Mas que o português do Brasil é doce e parece música
Concordei plenamente, meu marido tb acha a mesma coisas e outros já disseram o mesmo.
Sim nossa conversa ia muito bem, estavamos nos entendendo perfeitamente.
Comecei a perguntar do Ira.
Mas paramos de conversar, pq o trem dele chegou primeiro que o meu.
Mas se pudesse continuaria a conversar e olha eu que puxava os assuntos, entrona rs
Adoro acasos assim, pq tenho a oportunidade de nao falar alemao, é como um refresco, um prazer, uma coisa leve para minha mente.
Nao é a primeira vez, já aconteceu com um brasileiro perdido tb rs.
E com vcs já aconteceu algo parecido...

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Staatsangehörigkeit

Mas o que é isso?
Significa nacionalidade.
E eu consegui, agora tenho também nacionalidade alema.
Deixa eu contar como foi.
Depois que consegui a residência definitiva, ou seja, o Niederlassungserlaubnis esse ano.
Estava decidida ainda esse ano em conseguir a cidadania alema.
Entao em agosto dei entrada.
O que foi necessário?

Passaporte brasileiro.
Certidao de nascimento traduzida para o alemao.
Certidao de casamento, como casei na Alemanha o documento está em alemao, nao precisei traduzir.
Certificado de proficiência no idioma alemao no nivel B1.
Certificado de Integracao.
Einbürgerungstest que é um teste onde vc estuda 310 questoes, vejam no site da BAMF todas as informacoes sobre o teste é facinho,  o teste mesmo só tem 33 questoes e vc só tem que acertar 17, eu acertei todas as 33 rá.
Os 3 os últimos contra-cheques, levei os meus e do marido.
Documento de moradia, tipo contrato de aluguel ou outro.
A residência definitiva,  o Niederlassungserlaubnis.
Formulário preenchido.

O processo dura de 4 a 6 meses.
Nao estava esperando a resposta agora, pensava que só iam mandar a resposta lá pra fevereiro.
E nao é que sexta depois do trampo pego as correspondencias.
Aí vi uma carta diferente enderecada a mim.
Fiquei imaginando será que já é a resposta.
Sabe eu pensava que eu podia também receber uma resposta negativa, pq a atendente me disse que eles analisam  tudo, todos os documentos sao checados e entao enviam a resposta que claro tb pode vir negativa.
Aí nao é que a resposta foi positiva.
Fiquei muito, muito feliz.
Só nao fiquei mais feliz pq tive que pagar 255 euros, paguei na mesma hora on-line.
Aqui só se paga depois que recebe a resposta e caso seja negativa asssim mesmo vc paga 75%, espertos eles né.
Sim hj cedo liguei lá e perguntei sobre quando recebo a minha identidade alema Personalauweiß.
Rá, rá, rá só depois de uma cerimônia oficial que ainda irá acontecer, mas ainda nao tem data, pelo visto parece que no mais tardar em dezembro e receberei o convite via correio.
Entao no aguardo :)






segunda-feira, 30 de setembro de 2013

tirando apoeira

O verao se foi.
Foi bom, bonito, sol, calor - muito calor - parte chata, céu azul, cores vivas,...
Mas o verao tb traz coisas chatas2, mosquitos e moscas.
Mal dava pra deixar o lixo armazenado por 2 dias, essas moscas nojentas faziam a festa, ovos e larvas.
Ui papo nojento, mas real.

Sim o outono chegou.
Tempo nublado, chuvinha, temperturas agradabilissimas, mara.
A volta das jaquetas, casacos, botinhas,...
Detalhe - vcs já perceberam que esse é o tempo das aranhas, ainda bem que aqui elas sao pequenas, pavor.
Tudo que era verde e vivo vai ficando seco e alaranjado, amo essa tonalidade de cores.
As folhas formando tapetes, belissimo.
Um pouco de melancolia e preguica.

Entao é isso, tirando a poeira do blog, pq a vida e a labuta nao estao me dando muito tempo :)


sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Pank

Gente faz tempo q nao posto nada, mas é pq to trabalhando muito, entao estou cansada e sem tempo...

Mas como disse a Ma lá no seu blog q é pessoal, q fala de vida, q nao mostra um mundo só cor de rosa, entao lá vai.

To eu essa semana trampando e uma colega, ela é somente ajudante, vai uma ou duas vezes na semana ou vai de quinze e quinze dias, enfim.
Ela tem um problema que já percebi, é alcoolatra, só pode ser, ela cheira alcool, sabe aquele cheiro de cachaca, pois é, ela deve beber muito vinho e vinho por aqui nao é fraco nao.
Outra coisa que eu percebi é que de vez em quando ela tem uns tremores e outras coisas tipo dores musculares, tipo caimbra...
Aí que estavamos trabalhando juntas, eles sempre me colocam pra trabalhar com ela, pq eu a ajudo mais do que ela deveria me ajudar.
De repente ela comeca a fazer coisas sem sentido e eu pergunto se ta tudo bem, nesse momento ela vira p mim, arregala os olhos, comeca a tremer e cai no chao durinha e babando, pareceu cena de filme de horror.
Gente nao foi brincadeira, griteiiiiiiii, pedindo socorro e ajuda, nessa hora vieram os pacientes da clinica pra socorrer, as outras colegas e em um segundo como trabalhamos numa clinica gracas a Deus médicos chegaram e a socorreram.
Ela foi encaminhada para um hospital.
Mas sabe o que aconteceu, uma crise epiléptica.
Gente foi horrivel, nunca tinha visto isso.
Fiquei nervosa, chorei, me preocupei com ela e nao conseguia tirar aquela visao da minha vista.
E nao é que depois de umas 4 horas ela tava de novo na clinica pra buscar suas coisas e o carro.
Os médicos disseram que ela deveria permanecer mais tempo, mas ela nao quiz.
Detalhe tava tremendo horrores e dizendo que podia dirigir, mas nao deixamos pq a filha iria busca-la
Gente sério eu acho que ela nao ficou no hospital por causa do alcool, muito triste.
Gente ela é só o palito, fuma que nem um dragao, bebe e tem esse problema de saúde e com certeza outros.
Triste viu.
Ela pelo visto vai estar de volta na próxima semana.
Ai, ai, ai que pank.


segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Vamos dancar...

Uma música pra comecar a semana com alto astral.
Uma música super dancante.
Uma música que nao sai do meu corpo.
Uma música que combina com este tempo, verao, sol e calor.
Como uma música alema pode ser boa, até sexy...
Oh idioma alemao seu lindo.

Dancemos...

Gostaram?


sexta-feira, 9 de agosto de 2013

achei, me achei :D

A pessoa quer tipo assim achar uma praia maneira com um bar mais maneiro ainda.
Eu venho do nordeste, sol, calor, praia, barzinhos a beira-mar, ôh falta.
Entao que aqui eu frequento na minha cidade um clube/piscina pequeno, mas aconchegante.
Na cidade vizinha um outro clube bem maior, com piscinas cobertas e nao, com sauna, topoágua (acho que isso o nome né)...
Frequento tb uns lagos bacaninhas.
Mas agora achei a minha praia, perfeito.
Gente na verdade é um lago, enorme pros padroes daqui, onde nao tem praia de verdade.
Eu achei pelo povo do face e suas postagens e falei pro marido.
Marido nunca se tocou de me levar lá.
E ele ia quando era crianca pode!
Sim, fomos, tem vamos dizer assim 2 entradas.
Pegamos o final do lago sem saber.
De cara, todo mundo peladooo.
Literalmente pelado, homens, sem nada, nada, nada.
Sabia dessa cultura alema, já tinha visto umas pagando peitinho.
Mas nesse dia vi tanto pinduricalho.
Mas mesmo assim cada um acha seu cantinho e fica lá de boa e ninguém fica reparando.
Eu e marido ficamos lá no nosso canto, onde ninguém nos via e nao é que ficamos pelados tb :D
De repente chega uma senhora e fica lá no nosso canto, mas do outro lado e a tiazinha fica peladona.
Eu nem liguei, mas marido que é um pouco mais contido nao gostou e vazamos.
Um alemao nao adepto dessa cultura nudis...
Comecamos a caminha pelo lago e demos de cara com a outra entrada.
Todos vestidinhos.
E encontramos um bar maraaa, bem transado.
E o lago-praia nessa área bem extenso, limpo, águas claras.
Gente achei meu bar, tomei meus drinques, pronto me achei agora.
Depois fui nadar na "praia" de águas claras, realmente maraaa.
Nao passo mais um verao sem esse meu mais novo lugar cativo.
É aqui óh no Schlicht.
Nao tirei foto, ando sem saco pra isso.
Mas aí vai uns links c fotos da net repara lá.

achei minha praia :D

achei meu bar :D

E vcs já acharam um lugar, um bar, uma praia ou outro q vcs se acham, se encontram e dizem tem tudo haver comigo..

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

sorte!!!???

Gente hj achei dinheiro na rua.
Nao é a primeira vez que isso acontece comigo.
Que eu me lembro já conteceu isso umas 5 vezes comigo.

2 vezes no Brasil.
A primeira quando eu era crianca, tava com meus tios e depois da praia fomos a um restaurante e fui com minha prima ao banheio, a moeda nao era nem Real, mas o valor seria hoje uns 50, 60 reais. Mas meu tio-padrinho-comerciante ficou com o dinheiro, dizendo que ia guardar e depois me dar, nunca vi um centavo desse dinheiro e meu tio já faleceu.
A segunda vez foi antes de eu vir pra Alemanha em 2007, na verdade nem pensava em vir pra Alemanha, estava com um ex-namorado, encontrei o dinheiro na rua, mais ou menos uns 50 reais, o ex queria ficar com o dinheiro e eu na hora disse êpa eu achei o dinheiro, certo que esse ex era uma furada, gracas a Deus tiraram ele da minha vida.

A terceira vez já foi aqui na Alemanha, acho que em 2010, em frente ao meu curso de alemao na época, mas foi só uns 10 euros.
A segunda vez na Alemanha foi pouca coisa, 1 euro na rua, acho que numa festa de vinho.
A terceira foi hj indo ao supermercado com minha bike achei 5 euros numa estradinha vazia.

Agora eu me pergunto isso é bom, tem uma significado, é sorte ou foi só um acaso.
Acabei de ler que achar dinheiro significa mudanca e que vc nao deve gastar o dinheiro encontrado.
Todas as vezes que encontrei, tirando a vez que estava com meu tio gastei.
Claro que foi pouco a quantidade e nao havia como eu encontrar o dono do dinheiro.

E com vcs já aconteceram?
Eo que vcs acham disso? ;)

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Velinha...

Pois é ontem apaguei mais uma velinha, quer dizer duas, pq é uma dezena.
Calma ainda nao estou na casa das centenas.
Entao apaguei velinha...sss...

Agora pense num dia uóh, dia de semana, marido trabalhando e eu sozinha em casa, pq né eu pedi folga, até aí tudo bem.

E a comemoracao, comecei desde domingo, marido morria de rir, tudo eu dizendo desde domingo tô de aniversário e ele tendo que fazer tudo pra mim, já que ontem ele estaria trabalhando.

Desde domingo tava assim meio melancólica, mas dei um jeito de passar logo.

Entao domingo fomos a um Weinstube, bar-restaurante muito típico aqui na regiao, comida alema claro regada a vinho, amo, até pensei num asiático, mas gente sério sô muito chegada em comida alema mesmo.

Ontem, dia do aniversário, até pensei em sair, mas como na segunda havia trabalhado, na terca queria ficar de pernas pro ar sem fazer nada.

Mas marido teve que realizar meu desejo de comer Ochsenmaulsalat , uma salada muito típica da regiao, acompanhada de baguete, pq gosto de pao branco, esses paes escuros sei que sao mais saudaveis, mas gostoso nao é e claro vinho.



quarta-feira, 10 de julho de 2013

Fases...

Gente tô numa fase, imaginem que fase é essa.
Fase de cozinhar, cozinhar coisas gostosas.
Comidas com aquele tempero bem Brasil.
Ultimamente quando tenho dias livres é isso que faco.
Procuro uma receita na net, vejo um vídeo que vai puxando outros vídeos.

Olha o que já fiz:
É pao de queijo, é tapioca, é bolo  de tapioca, é lasanha de frango, é panqueca de carne moída.
Marido adora pasta, mas nao sou muita fa e lasanha de supermercado aqui eu acho uóh de horrivel.
A minha lasanha ficou maravilhosa, sério mesmo e panqueca nunca tinha feito e marido nem sabia o que era, também é uma comida tipicamente sul-americana, pq as norte-americanas sao doces e nao sou muito chegada a doce, mas nao recuso um brigadeiro, um beijinho de coco, doce de leite, mousse de maracuja, pudim de leite, vixe imaginem se eu gostasse de doces rs.
Fiz tb Pao de massa de arroz,  (surgiu um probleminha e pensavamos que eu estava com intolerancia a gluten) ah! Schnitzel, pasta concentrada de alho para temperar, amo alho, marido fica louco ri da minha fissura por alho, mas prova e tem aprovado tudo

Agora me deu vontade de fazer uma coisa que a minha memória alimentar nunca esqueceu, dos tempos do intervalo do cursinho que fiz um dia antes de entrar pra faculdade, entao bote tempo, pensem num rocambole de frango, delícia, nunca consegui esquecer esse rocambole, era um vício todos os dias na hora do intervalo e to aqui louca vendo receitas e nao é só desse rocambole nao.

Quem sabe um dia mudo de ramo e abro um restaurante.

E ainda quero emagrecer 5kg, a loca.
E vcs ja tiveram uma fase assim!?...

quinta-feira, 4 de julho de 2013

+ confortável

É assim que estou me sentindo no trabalho.
Caminhando para os 5 meses que estou lá.
Tb estou me sentindo mais segura.
E a relacao com todos os colegas alemaes está melhor.
Sempre tem 1 ou 2 chatinhos, mas driblo.

Já falei grosso e nao foi só uma vez e vou falar quantas vezes for necessario.
E o papo é ela é brasileira, quente, mas calma com ela.
Se vc falar com educaco e respeito ela responde da mesma forma, se vc falar em outro tom, ela vai te responder igualzinho.

E o mais legal tem sempre algum alemao legal que sai em minha defesa, quando alguem quer sambar em mim.
Fico feliz com isso :)
Hj to de folga, deixa eu ir curtir meu verao com chuvaaa kakakaka... 

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Olha o papo...

Na última sexta-feira tô eu lá no trampo no momento da pausa com 2 colegas alemas...olha o assunto.
Uma comecou a falar o que tinha estudado profissionalmente Schneiderin/alfaiate, costureira... enfim. Outro dia uma outra colega me disse que tinha estudado pra ser Bäckerin/padeira.
Aí ela me pergunta o que tinha estudado, falo a ela, que sou professora.
Ela pergunta de novo, mas onde vc estudou?
Eu digo na Universidade e digo que trabalhei quase 10 anos como tal no Brasil.
Ela ficou admirada.
E eu fiquei na minha, nao sou Einstein ponto.
E ela prossegue, ah vc deveria continuar estudando, se especializar mais.
Que eu iria ganhar muito mais, blá, blá, blá.
Digo a ela que no Brasil pra ser professor vc estuda só uma área e aqui automaticamente vc estuda a  partir de 2.
Prossigo e digo nao tenho mais 20 anos e quero e preciso ter o meu dinheiro todo mês.
Adoraria estudar, mas nao ganharia nenhum euro, muito pelo contrário teria que desenbolsar euros pra prosseguir com os estudos e ser sustentada.

E sério no Brasil nao tenho boas recordacoes da minha área, nao que tudo tenha sido ruim, teve coisas boas, mas muito cansativo e estressante, fora a falta de respeito em todos os sentidos privado e público. Nao corcordo com o salario e nem com a tripla carga horaria de trabalho, manha, tarde e noite pra ter um razoavel salario e ainda levar trabalho pra casa, pq professor trabalha em casa. E nao da pra ser professor so na linda Universidade e o Ensino Básico oi...

Meu alemao teria que ser muito bom para ser professora de História como era no Brasil, teria que ter um puta vocabulario da área. E acredito que a realidade aqui é outra, melhor, sem comparacoes.
A outra colega chega e fica sabendo pela outra que sou professora, mas essa nao deu bola.

Continuamos a conversar e ela disse o seu idioma é português.
E eu sim.
Aí diz que conhece pessoas que foram pra Algarve em Portugal (associacao portugues-Portugal, nada de Brasil, ok, ok...)
Que em Portugal é muito bom, é mais quente, é bonito, blá, blá, blá.

A outra colega diz ah! mais Portugal é muito, muito pobre, nao é bom nao e quer dinheiro de nós, da Alemanha, todos querem assim como a Itália, a Grécia e continua todos querem dinheiro da Alemanha.
E continua nao aguento mais isso todos querem dinheiro de nós, até hj, até os judeus da atualidade que vao buscar as geracoes passadas que sofreram com o nazismo.
E comeca a falar dos romenos, diz que esses sao horríveis , sao pobres, nao dá pra confiar, já tive um outro chefe que me disse a mesma coisa.
Aí ela continuou a falar e citou uma chefe que tem lá que é da Iugoslávia, senti naquele momento que ela nao gosta dela.
Essa iugoslava é chefe das alemas.
Ela comecou a falar que a guerra já acabou lá e que ela deveria voltar, pq essa iugoslava sempre fala da Iugoslavia, que lá é bonito, mais bonito que a Alemanha, que ela tem casa la, sempre viaja pra lá...
Ah! entao pq ela nao volta, ela e essas duas, pq tem mais duas na clinica que sao da Iugoslavia.
Que na Alemanha ta cheio de estrangeiro, de todo tipo.
Que tem muitos estudantes estrangeiros.
Eu digo: é os estrangeiros tem mais interesse em cursar uma Universidade que os alemaes.
Ela retruca e diz: nao, tem muito alemao universitario, mas eles deixam os estrangeiros vir pq eles sao (mais) baratos depois pro mercado de trabalho, citou os chineses.

E elas ficaram tricotando e dizendo que nao podiam dizer nada pra essa chefe, nada do que elas realmente pensam, que ela deveria era voltar pro seu país, deu a entender que nao gostam de uma estrangeira mandar nelas.
Mas na frente é respeito e falsidade, pq por trás metem o pau.

A pausa acabou e voltamos ao trabalho, nao fiquei me sentido mal, mas me senti esquisita no meio daquela conversa, pq sou uma estrangeira.
Aí fiquei pensando no fundo, no fundo acho que a maioria dos alemaes nao gostam dos estrangeiros e acho isso mesmo, pelo fato de realmente haver muitos estrangeiros.
Pelo fato da Alemanha ceder créditos aos países em crise na Europa, mas crédito é crédito, tem que pagar depois, apesar que calotes podem acontecer.

Cheguei em casa e comentei com o marido que é alemao.
Ele comentou que essas pessoas sao idiotas.
Sei que tem alemaes que nao tem problema nenhum com estrangeiro, mas vou dizer acho que é minoria.
Nao tiro e nem dou razao para os alemaes.
Carrego reticências, exclamacoes e interrogacoes... !!! ???


quinta-feira, 20 de junho de 2013

Especial

Nesses 4 anos de Alemanha, nao fiz muitos amigos, adquiri uns conhecidos.
Em 2011 quando fiz o curso B2 de alemao, conheci duas queridas.
Das duas, uma ficou um pouco mais próxima.
Quando a conheci se nao me engano, ela já morava aqui uns 6,7 anos.
Nao nos vemos sempre, mas quando dá marcamos e nos encontramos.
E essa semana ela ligou e nos encontramos.
E a notícia triste que recebi foi, ela está voltando para o seu país.
Depois de quase uns 9, 10 anos.
Na hora fiquei meio passada, mas entendi e entendo as suas razoes.
Ela aqui era sozinha, sozinha mesmo, morava só.
Me contou que ultimamente nas suas viagens, nao que ela viaje muito, nem isso tem graca.
Entao ela decidiu voltar para sua ilha na Espanha.
Voltar, ficar perto da família e fortificar as amizades que ficaram por lá.
No outro dia, nao sei pensei nela e chorei, bateu uma tristeza, uma querida que se vai.
Sei la bateu uma nostalgia do Brasil, um pouco de medo do futuro, ai nao sei.
Passou, pode ser que volte certos sentimentos.
 Mas que ela vá e seja feliz é só o que desejo e espero um dia nos reencontrarmos.

domingo, 9 de junho de 2013

chegou :)

Advinhemmm o que chegoou? A chuteira.
Pois é a história lamentacao acabou, a chuteira linda e maravilhosa chegou nesta última sexta-feira.
E claro fiquei curiosissima pra saber se o meu único sobrinho lindo e amado tinha gostado.
Como uma crianca de 8 anos q ama futebol, ele ficou radiante.
Minha mamita vovó-mae (ele tb a chama de mae, nao é lindo) falou que na mesma hora ele calcou e nao tirou mais, acho que só pra dormir, de tanta euforia queria ir na mesma hora jogar bola.
Fiquei hiper-mega feliz e marido tb pq foi ele que escolheu o modelo.
Agora acho que vou me aventurar a mandar mais umas coisinhas, mas sabendo que demora uns 3 meses né ;)
Por falar nisso queria umas dicas, queria mandar um presentinho, uma lembranca para minha mamita que em agosto faz aniversário, mas queria mandar algo assim que lembrasse a Alemanha, vcs tem alguma idéia, dica, sou toda ouvidos... :)

quinta-feira, 6 de junho de 2013

"causos"

Vou contar um "causo" q aconteceu comigo semana passada, melhor no último feriado cristao o de pentecostes/Pfingsten.
Na verdade foi na véspera.

Sempre na véspera de feriado na Alemanha, os alemaes ficam preocupados com as compras do supermercado.
Tipo assim, temos que comprar tudo, pq amanha o supermercado tá fechado, gente só 1 dia, mas parece que é uma catastrofe.

Entao lá fui eu, tava livre e marido trampando.
Aí o supermercado tava tipo assim cheinho, se meu marido tivesse teria surtado, coisa pouca, nada como os supermercados brasileiros lotados.

Tá entao eu super prática e rápida, tb com a velocidade de certos supermercados alemaes, a gente aprende logo e  eu nao fico muito tempo passeando e nem vendo prateleiras, levo a listinha, pego tudo e pronto. To quase virando robô ;)

Entao com as compras no carrinho/wagen me dirigi ao caixa, tinha umas tres pessoas a minha frente com os seus meio cheios.
Aí parei o meu wagen e vi que ainda ia demorar um pouco pra chegar minha vez, rapidamente deixei meu carrinho na fila e fui pegar uma bebida (meus drinques rai, rô, rôi,oi)  do lado, coisa de 2 a 5 segundos, super rápida e voltei.
Aí vi que uma mulher tinha tirado meu carrinho e colocado o dela, pois eu cheguei e respondi com certa ironia, desculpe, mas meu carrinho estava aqui primeiro e recoloquei o meu no lugar, ela comecou a falar e bufar, eu simplesmente virei as costas e a ignorei friamente e fiquei rindo por dentro e os outros só observando pra ver se ia ter segundo round.

Depois observei que a mulher a frente tb nao estava ali antes e na verdade seriam 2 a furar a fila e me deixar mais pra trás, mas nao dava mais tempo ela já estava na boca do caixa, fiquei só a fuzilando com o olhar.

Resultado: fiquei pensando no Brasil seria simplerrimo fazer isso, aqui to comecando.

Dedicado a Ana do tudo novo de novo... chegaremos lá :)
 


terça-feira, 28 de maio de 2013

No momento...

O que eu estou fazendo no momento...
Esses dias tenho postado mais, pq estou frei, só uns diazinhos, nao demora muito e volto ao lerêlerê.
Como nao deu pra fazer muito coisa, pq marido nao tá frei.
E tb tenho um teste agora em junho.
Advinhem to estudando, mas em casa.
E tentando colocar a leitura em dia.
Esse ano até agora só li 2 livros que eu me lembre em português.
Um livro sobre Nietzche e um livro de poemas de Fernando Pessoa.
Comecei uns outros 2 livros, clássicos e esses to bem devagar, requer mais tempo e concentracao.

E em alemao?
To lendo um livro chamado "Momo" de Michael Ende.
Detalhe marido tinha, tem o livro, sorte :)
Quem quizer saber sobre esse livro e o autor vejam na Wikipédia, é o site mais conhecido e menos dificil rs.
Descobri esse livro através do DW-Learn German.
Toda semana eles colocam dicas de livro.
E eu quando pensava em ler em alemao, pensava ai que livro?
Taí agora achei boas dicas de leitura em alemao.

E vcs o que estao lendo?
Me conta :)


sexta-feira, 24 de maio de 2013

Sao 4 anos

Isso mesmo.
Sao 4 anos que estou na Alemanha.
Cheguei pra ficar em maio de 2009.
Nossa lembro da emocao.
Da felicidade do reencontro.
Da nossa alegria, dos nossos olhares.
De sentir de novo a Alemanha, o ar, as ruas, o trânsito sim o trânsito eu gosto desse tema do Bahn, do Zug, da organizacao, desse jeito de ser alemao.

E fazendo uma retrospectiva.
Nao foi fácil, nada é fácil, eu penso assim.

2009 comecei o curso de alemao.

2010 consegui um pequeno trampo Minijob.

2011 comecei outro curso de alemao.

2012 consegui um emprego de meio período Teilzeit.

2013 depois de mais de 2 anos deixei meu Minijob.
2013 consegui minha residência definitiva Niderlassungserlaubnis.
2013 consegui outro emprego de tempo integral Vollzeit.

Sabe estudar e trabalhar ou trabalhar e estudar, a ordem dessas duas coisas nao importa, mas sao coisas importantes pra mim. Me sinto gente.

 Ainda vou falar mais em detalhes sobre isso de como foi quando cheguei que nao falava nada de alemao e alguns alemaes me olhavam e sempre perguntavam sobre trabalho.

E 2013 ainda nao acabou, continuo correndo atrás, peraí deixa eu ir correr...

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Sentindo falta...

Estou sentindo falta... Mas vcs sabem de que?
De estudar, de fazer um curso.
Minha preferência claro seria continuar estudando alemao, aprimorar.
Ou fazer um curso aqui na Alemanha que claro seria em alemao e assim de alguma forma estaria estudando alemao tb.
Uma das minhas vontades seria fazer um curso de costura, queria aprender a fazer umas coisinhas, sou uma negacao nessa área e acho que seria muito interessante aprender um pouco sobre a arte da costura e desenvolver coisas...
Outra gostaria de estudar outro idioma, acho fascinante.
Aí como queria...
Mas no momento de verdade nao tenho tempo, por causa do trampo.
É assim queria tanto um trampo, tenho. Agora quero estudar um pouco, ai minha cabeca louca, como quero coisas.

Trampo todos os dias e as vezes no final de semana, que me deixa cansada e sem ânimo.
Nao tenho mais o pique que tinha no Brasil, de estudar e trabalhar, era assim lá. Meu último estudo no Brasil foi minha especializacao.
Também era solteira, agora casada quero ter tempo tb pra meu maridinho e ele tb quer ter tempo comigo.
Ah vida, vida...
No momento estou estudando só um pouquinho, mas o tema é fácil e é em alemao.
Irei fazer um teste em junho e acho que passo, espero rs.
E vcs sentem essa falta de estudar ou de que...

quinta-feira, 16 de maio de 2013

aaa Novela mexicana brasileira


 aaa Novela mexicana brasileira, desde já me desculpem os mexicanos.
Gente eu só tenho um sobrinho lindo que eu amo d+++ da conta sô.
Aí que em marco ele faz/fez aniversário e eu queria mandar alguma coisa pra ele.
Nunca mandei nada pro Brasil pelos correios, só de medo de  nunca chegar.
Sempre mando em dinheirinho e se compra um presentis.
Marido diz, insiste e me convence e eu mando. Marido é gente boa, acredita nas pessoas, tem fém, eu nao, brincadeira.
Meu sobrinho é louco, mas louco por futebol, pense!
tannnnram, a inteligentona aqui com o inteligentao daqui resolveram mandar o quê, o quê??? imaginem aí...
Uma chuteiraaa.
Claro que antes eu resolvi perguntar pra crianca o seu pedido, o seu desejo.
Ele tadinho sem nocao, falou cartas, na inocência de nao ter muito idéia do que pedir, mas muito, muito doce né, ele só tem 7,8 anos.
Tia desnaturada eu né, nananinanao eu sei a idade dele, acho, ops, q nada eu sei.
Eu e marido sabendo da loucura crazy dele por futebol, falamos na chuteira.
Ele vibrou, pulou, adorou a idéia e falou a marca, disse que queria NIKEsx.
Influência dos produtos americanos no Brasil né.
Claro que ele tem tênis, chuteira, mas queria mandar uma top, das tops.
E claro marido ficou sentido e disse - ele nao quer uma chuteira de marca alema.
Sim, pra tirar a influência mardita americana, falamos dos produtos alemaes que sao de primeira.
E eu sou fan assumida da Adidasx, gosto do Puma tb, marido é Puma, humpf, mas Adidasx pra mim é Adidasx, tá!
Encontramos a chuteira dos sonhos e mandamos.
No dia do envio, eu morrendo de medo de mandar, quem nos atende no DeutschPost/DHL.
Quem, quem?
Uma brasileiraaa, êba, carnaval e foi mesmo, olha como foi.
Ela viu eu falando com o marido tudo junto e misturado alemao/português sobre o medo de mandar pro Brasilis e roubarem.
Nessa hora ela se manifestou, baixou o santo, êpa, êpa, êpa tao falando do meu país, foi quase assim mesmo, gente foi muito engracado.
Mas ela nos tranquilizou e disse que chegava e que tava acostumada a mandar coisas pro Brasil, tranquilo, descansei.
Comecamos a conversar e rir em português e marido tb (metido), ele fala português que nem uma brastemp, brincadeira, mas ele fala legalzinho, tem erros, mas se vira.
Falávamos um pouco, alto e sorrindo sabe como é brasileiro e o os outros colegas dela só olhando admirados e comecou a formar fila e mais alemao olhando a bagunca e alemao irritado sai de baixo, despachamos a encomenda.
Pasmem agora, mandamos no dia 18/03 e até hj nao chegou.
O correio alemao eficiente tem tudo protocolado e meus dados, email.
E eles despacharam no dia 20/03.
A parte dele eles fizeram, mas eles nao descansam nao, nos mandaram um email, dizendo que entraram em contato com o correio no Brasil pra saber qual foi do lance ainda nao ter chegado, alemao sabe de tudo desde os tempo da Stasi, se vc nao sabe o que é, o que foi, morraaa, pq vc é um/uma desg... nao vou completar é horrível o que ia dizer, mas é bincadeirinha hihihi e assim que tivessem uma resposta nos dariam e até hj eles nao tiveram essa resposta e nem nós claro.
Eu pensando roubaram, ficaram com o presentinho da crianca, do meu sobrinho.
Eu como sou detetivona, oiê liguei pra deus e o mundo e fucei, fiz vuco-vuco-vaco-vaco na net e descobri onde está a tao aguardada chuteira.
Rastreamento oi ;)
Descobri 1. que ao chegar em Sao Paulo, mandaram pro Paraná pra uma tal CENTRO DE TRATAMENTO DE ENCOMENDAS INTERNACIONAL, ôxih gente, nome bonito e pomposo né, oi só o nome mesmo.
Descobri 2 que esse lugar é uma espécie de alfândega e que pode demorar até 3 meses pra chegar ao destino final, que é lá no fim do mundo, no nordeste brasileiro, mas precisamente em Sao Luís, to falando assim pq Sao Luís é longe eu sei eu vim de lá e é com muito amor e respeito que digo isso, mas é verdade.
Pôxa pra que ir pro Sul isso, pro Paraná, sendo que o destino final é o Nordestesssxx.
Coisas de centralizacao e nao de perifirizacao...
Liguei tb e depois de tecle 5 pra servicos e esperar, esperar, ... consegui falar com uma central do correio e descobri tb que alguém já tinha protocalado tipo asssim, uma reclamacao, mas a moca, mocinha/atendente nao soube me dizer quem foi, mas eu sei foi o correio alemao e a mulher teimou comigo que nao, pq isso sao em outros setores, deixei ela pra lá, aff burrice.
Entao deixa ela pensar que foi o Russo, a Lívia,  Wanda e toda a quadrilha do tráfico "Salve Jorge".
Pois é, ela disse que ia protocolar minha reclamacao, mas nao me deu nenhum prazo.
Isso eu já imaginava...Entao vamos esperar... humpf.
Ah! e pra qualquer coisa eu entrar em contato de novo.
Valha eficiência e rapidez nos servicos brasilis-tupiniquins das organizacoes Tabajara!

quinta-feira, 9 de maio de 2013

hj...

Hoje eu acordei sonhando...
com o fogao da casa da minha mae...
casa de/da mae, minha casa, sempre minha casa...
no sonho tinha tudo...
até as panelas, o fogao, o formato 4  bocas ...
e o mais impressionante a panela de pressao! ...

acordei!; simplesmente acordei...
deve ser saudade ou algo muito forte e parecido...
mas era a casa da minha mae, a minha casa, sempre será...
nao que hj eu nao tenha a minha casa...
a nossa casa, minha e do meu amado...
 e nao que eu nao sinta  saudade da minha casa...
da casa da minha mae, de tanta coisa...
deve ser o dia antecipado  das maes na minha cabeca, da minha mae...

ah! e hj é feriado na Alemanha Vatertag/ dia dos pais e um dia religoso, enfim...
estava decidida em passearmos...
acabamos indo p Speyer, velha conhecida...
fomos a um restaurante tb conhecido...
comida ótima, farta e bom preco...
e depois p catedral, já tínhamos ido lá, mas hj entramos...
e encontramos folhetos em vários idiomas e em português amei...
adorei o Brasil, Portugal e outros como nós representados.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

A de hj

Olá pessoas.
Nem acredito estou de folga por 3 dias seguidos, ontem terca, hoje feriado do trabalhador e amanha.
Também pudera semana passada só tive 1 dia de folga.

Sério to tao feliz hj, livre, leve e solta que intimei o maridao a almocarmos fora, nao temos tido muito tempo juntos.
Nos encontramos a noite em casa, os dois cansados e no final de semana ele tá livre e eu ultimamente nao, pra quem trabalha em clinica é assim.

Sim nos aprontamos, tava com desejo de comer em restaurante asiático, sabe aquela variedade e um arrozinho, brasileira né.

Marido nao anda muito bem de saúde, ainda nao dectamos direito o que ele tem, quer dizer o médico, pq eu tenho mania de querer ser médica e procurar informacoes, imaginem onde, aqui na net e fico depois querendo ensinar o médico, já fiz isso e o médico alemón fica só me olhando como quem pensa essa mulher é doidha rá...

Estamos a caminho marido sentiu no meio do caminho uma dor de cabeca daquelas, infernal, parou o carro umas 3 vezes e eu aimeudeus, ele nao tem condicoes vou ter que assumir a direcao, bem tenho carteira mas brazuca e nao tirei ainda a alema e aqui dirigi muito pouco e se me pegam to fora da lei, por isso nao facilito.

O homi continuou passando mal e eu tomei a direcao e rumbora, voltamos pra casa no meio do caminho.
Nao estavamos muito longe de casa, mas sério gente nao gosto muito de dirigir, no Brasil o trânsito é muito intenso e estressante peguei bode, na Alemanha acho tranquilo e nem preciso, mas se tenho que fazer faco.

Já disse em outro post que quero tirar a Führerschein, apesar de usufruir com muito prazer dos meios de transporte na Alemanha o Zug principalmente em casos como esse se faz necessário, se fez e quem sabe depois ter meu carro por aqui.

Sim o homi tomou um remedinho descansou, melhorou e finalmente fomos comer no asiático, delicinha, saímos de panca cheinha e deixa eu ir ali tomar meus drinques e namorar um bucadinho :)

quarta-feira, 24 de abril de 2013

"Lá vou eu de novo, lá vem de novo..."

Gente desculpem mas minha vida agora é só trabalho.
Tenho tido pouquissimas folgas, uma vez por semana.
Tenho horas extras que depois podem ser revertidas para dias livres ou incluído nas férias.

Entao no momento meu assunto é lá do trampo.
To caminhando pros 3 meses no trabalho.
E como está?
O Trabalho em si nao é difícil, já falei isso.
Difícil sao os alemaes e as relacoes pessoais.

Na minha equipe somos acho mais de 10.
Os tipos sao dos alegres, alto altral que gostam de conversar e fazer piada  aos mais sérios e reservados.
Claro que gosto mais dos mais abertos, divertidos.

Lá vou eu de novo contar os babados.
Eu já disse que sou a única estrangeira.
Ah esqueci de contar estava em 2 setores de trabalho.
Devido a confusao de uma louca, tá no último post.
Agora to só em um setor.
E lá tb tem pérolas.
Entao falo pouco, mas falo e aos poucos tenho tentado me entrosar, mas sei que é um processo.
Sobre o trabalho quase todos tem algo a me dizer.
Quero dizer, tipo assim me corrigir ou mandar/pedir...

Entao desses meus colegas tem uma lá que me tira do sério.
Ela é impaciente e quando tem uma oportunidade só me critica.
Mas o problema é o tom de voz, ela falo alto com volume, entendem, nao grita, mas chega perto.
E essa pessoa tem acabado com meus nervos, com meu humor.
Nao é todo dia que isso acontece.
Mas quando acontece saio acabada, destruída, arrasada, triste e como sou uma merda de égua manteiga derretida, choro.
Nao quero chorar, mas nao consigo segurar é mais forte que eu, mas choro em casa.

O problema é que todos me tiram pra Cristo.
O Tratamento é diferente.
Entre os alemaes, eles se respeitam, existe um limite.
Mas essa pessoa nao tem um limite, uma faixa de respeito comigo.
Tenho contado as vezes que isso tem acontecido.
Fico pensando, ela faz isso pq eu sou estrangeira, nunca vi ela agir da mesma forma com os alemaes.

O ambiente é tranquilo, mas rola um fuxico, uma fofoquinha, comentários e eu nao suporto isso.
Agora chegou mais uma novata e eles estavam lá falando dela e falando pra mim, cara nao falei nada só escutei.
Eles querem que eu ensine a novata, pq eles nao tem paciencia.
Eles sao impacientes.
Na frente da novata, ela é alema, sao so elogios e respeito e por trás metem a lenha.
Devem ter feito isso comigo, quando eu errava.
Agora eles sabem que já dou conta de muita coisa do trabalho.
Mas se eu cometo um erro, ou se nao sou rápida, vem uma ESSA e me desrespeita.
Nao sei o que fazer.
Queria ignorar, aparente faco isso, mas por dentro to me corroendo.
Só espero nao adoecer de raiva, tristeza...
Espero que as coisas melhorem com relacao a essa pessoa, pq nao tá fácil.
Ontem ela falou alto e eu nao aguentei e respondi, falei alto tb, foi raiva pra cá e pra lá, de ambas as partes.
Mas depois fui lá tentar conversar com a pessoa e ficamos bem.
Mas partiu de mim, sempre parti de mim, to cansada disso.
:(

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Livro, meu, histórias, minhas...

Oiêee gente.
Nos últimos 2 posts principalmente no último dei uma de louca.
Dei nao, sou louca mesmo.
As vezes escrevo assim meio, peraí to pensando num termo nao muito forte.
Sim escrevo meio mal educadinha, sem me importar, mas eu to sendo eu.
Mas sei que tem gente que passa por aqui, comenta ou simplesmente lê, acompanha e foi, obrigadinha a todos.
Viu hj to de boa :)
Rá estou de folga por uma semana, deve ser por isso, alegria, alegria.
Isso se nao ligarem pra mim, me requerendo, sobra pra novata, a brasileira.

Sobre o trampo, tá tranquilo, fácil, mas Hospital é hospital, funciona todo dia.
Sábado, domingo, feriados, nao importa, entao nesses quase 2 meses que estou por lá.
Nao tive todos os feriados e finais de semana, epa, epa, epa, mas tive um sábado ou domingo aqui e outro aculá, melhor dizendo bem depois.
E isso vale pra todo mundo, nao é só pq eu sou estrangeira nao viu, todos os meus colegas que sao  alemaes passam pela mesma situacao.

Sim continuando, do trabalho, do ambiente e dos colegas, oi esse último sempre dá pano pra manga.
O trabalho faco o meu e pronto, sem dificuldades.
O ambiente em geral é ao mesmo tempo light mas horas meio estressante.
Agora os colegas, hum encontrei umas pérolas.
1, 2, 3 pérolas, espero nao encontrar mais e o restante normais de se conviver.
Vamos por partes.

Tem uma que parece associal, ela é elétrica e fica resmungando, falando baixinho, mas eu pego no ar.
A segunda acha que é dona do hospital pq está há um bom tempo, perfeccionista e tb resmunga.

Agora a terceira foi a pior de todas, acha que é minha chefe, que fiz contrato diretamente com ela e que paga meu salário, mas o pior de tudo impaciente, intolerante e nao sabe ensinar, uma burra estúpida, séria, de cara fechada, nao sorri, nao descontrai, só fala de trabalho, nao cumprimenta os colegas, já ouvi uns buchichos sobre ela, a bicha foi e é ruim com quem chega.
Olha isso! fui fazer perguntas sobre o trabalho e claro que nisso vem alguns termos em alemao que nao conheco, ela solta 'kannst du nicht Deutsch', porra ela tem que esclarecer e ensinar o servico, acha que já vou chegar no primeiro dia e saber tudo, e isso foi  sim no primeiro dia. A segunda praticamente gritou comigo na frente de um colega,  fiquei bege, choquei, sem reacao, mas encontrei gente boa por lá, o colega saiu em minha defesa e inclusive foi contar diretamente pro meu chefe, o chefe de verdade oi. Ah! se eu fosse contar tudo, hum, hum.
Resumo da ópera, o resultado foi positivo pra mim e pra ela foi negativo.
Quase todos no setor ficaram sabendo e alguns ficaram preocupados e saíram em minha assistência de forma discreta nas atitudes.
O pior é que outras colegas confessaram que ela fez o mesmo com elas, essas duas sao estrangeiras como eu, ou melhor elas sao de origem estrangeira, nasceram aqui, mas por terem famílias estrangeiras, nao sao considerados 100% alemaes, coisa que acontece por aqui, né, oi, a gente sabe, 'Alice no país das Maravilhas-nao-nao-nao-sim-sim-sim...'

Sobre mim algumas dessas e outras coisas me entristeceram.
Tive que me fazer quase de morta, quase pq nao fiquei tao cadáver, soltei algumas alfinetadas de leve, agi assim, pq tenho objetivos maiores.
Mas agora a coisa tá bem melhor.
Remédio é o Tempo, a paciência e a serenidade que tenho aprendido de verdade na Alemanha.
No meu país explodiria na primeira.
No momento estou demarcando terreno e me soltando aos poucos.
Ainda tem coisa, mas... depois.

Tempo, tempo, tempo,...  'Oracao ao Tempo' na voz linda de Maria Bethânia, linda, diva, amo.












domingo, 7 de abril de 2013

:!?2x

Sem sentido
E com sentido
No sentido de sentir
Oi!
Ou consentir
Me permitir escrever
Aqui
Meu, um espaco
Meu Ego
Minhas idéias
Minhas confusoes (sempre fui rárárá... quem nao foi ou nao é parabéns p vc poste, mas de qualquer forma desculpe ou nao pelo sarcasmo)
Meus conflitos
Minhas neuras

Meu Sentir
Com ou sem sentido
Consentido
Por mim
A própria
A dona

Nao gostou
Vai ali
Onde
 Na esquina

;/


segunda-feira, 1 de abril de 2013

.!?

A vida é bela.!?
Título de filme.
Mas me diga a vida é bela.!?
E o que é belo.!?
A beleza.!?
Me diga tb.
E o feio, há feio no belo.!?
E o feio é feio ou belo.!?
Talvez seja possível as duas coisas.!?
Sinônimos e Antônimos.
A vida.
Tantas e cheias de contradicoes.
Positivo e negativo.
Simples eu to assim, assado.

Liga nao to tomando meus drinques.
To na terceira taca de vinho.
E vou continuar.
Sei Páscoa.
Nao sou beata me criei na rua...(Ana Carolina)

Sem feriado.
E sim trabalho.
Vou conitunuar nos meus drinques.
Relax, precisada.
Mas voltho


sábado, 23 de março de 2013

Puta

Putaaa...Putasss...
Bom dia!
Alice no país das Maravilhas! ah-rá, só se for do outro, pq o meu é bem real, altos e baixos, recomecos, calma, calma, tem maravilhas.
Nao é lamento ou pode ser e se for?! e se for problema meu e esse espaco é meu.

Vim dizer que sempre encontro putas, ai nao é a primeira vez, agora encontrei um monte ou melhor um pouquinho a mais.
Putas nao me levem a mal, nada contra as verdadeiras e boas putas.
Isso é só pras más e nojentas.

To devagar, por enquanto calada, mas encarando e tudo tem a hora certa de cuspir e essa hora vai chegar.

Pra quem nao entendeu, isso é lá no meu novo trabalho.

E um obrigado especial as queridonas que no post anterior desejaram tudo de melhor a la sogrita, Ma, Ana, Luana e Mallu beijossss...

Fuiiiiiiiii

segunda-feira, 18 de março de 2013

Erro médico

Sim aconteceu aqui na Alemanha.
Sempre tecei elogios sobre o Sistema de Saúde, hospitais etc., alemao.
No post passado falei que minha sobra sofreu um acidente, quebrou, fraturou o osso da coxa da perna.
Fizeram a cirurgia e cometeram um erro.
Os médicos dissseram que ela andaria mas mancando, ora, ora por conta de um erro deles, dos médicos.
Ela poderia aceitar esse fato ou se submeter a outra cirurgia para reparacao.
Claro que ela optou por uma nova cirurgia.
E terá que ficar mais tempo internada.

Fiquei passada.
Como disse sempre elogiei, mas isso é pra mostrar o outro lado.
Isso acontece em todo lugar.
Quero que depois ela entre na Justica, agora ela nao quer, entendo está sensível, só quer ficar boa.
Vou dar um tempo, esperar ficar tudo bem mesmo e bater nessa tecla da Justica.


Sério nunca precisei de um hospital aqui, somente consultas médicas.
Fiquei com medinho agora, mas fazer o que, ficar bem atenta para o caso de precisar.



domingo, 10 de março de 2013

Saúde

Gente já falei sobre esse tema aqui outras vezes.
Bem minha sogrita está de novo no hospital.
Um osso da parte superior da perna, da coxa quebrou, fraturou-se.
Coisas da idade.
Marido, filho, claro já tinha ido antes de mim, filho é filho e tem que dar assistência e prezo por isso.
E gracas a Deus ele é bom filho e portanto quem é bom filho pode ser bom marido, ai dele...
Eu nao tinha ido antes por causa do trampo, mas hj fui.
Gente é o terceiro hospital que visito na Alemanha.
E eu agora trabalho num hospital-clinica.
Sim o hospital que a minha sogra está é para todos.
Ora, ora os alemaes pagam os impostos e com eles sao construídos hospitais de excelência.
Isso mesmo excelência!
Gente qualquer pessoa independente do tipo de seguro-saúde tem direito a um ou a este hospital.
Sim o hospital é de urgência e emergênica e sabe quem já foi atendido lá.
Niki Lauda
Se vc nao sabe quem é... é e foi um dos grandes pilotos da fórmula 1.
Ele sofreu um acidente gravissimo, mas foi socorrido no mesmo hospital que minha sogrita esta.
É um hospital para todos como já disse.
E eu disse pro maridón vou te levar num hospital no Brasil, melhor lá minha Sao Luís.
Vou levá-lo num hospital para todos.
Quero que ele veja o que é feito com o dinheiro dos impostos.
Pq no nosso país nao há... nao posso completar (vergonha) mas continunado leitos e...
Pessoas, seres humanos ficam em macas sem colchao pelos corredores e tantas outras coisas.
Tristeza pelo desvio de verbas e corrupcao no nosso país, senao fosse essa praga teríamos hospitais, escolas, enfim servicos básicos de qualidade e excelência...

O hospital é este BG e no site tem um videozinho do hospitalzinho.


segunda-feira, 4 de março de 2013

Entao

Estou de folga hj, ebaaa.
Minhas folgas esse mês serao só 1 dia por semana.
Mas porquê né?
Porque nao larguei ainda meu primeiro e pequeno trampo.
Tb porque desde dezembro a minha colega chefe tá doente e nao pode trabalhar.
E aqui e lei do trabalho protege mesmo o empregado e pela lei ela está de licenca p se tratar e a espera de uma cirurgia, enfim.
Mas já avisei que marco será meu último mês e eles já estao a procura de alguém para o meu lugar, eles precisam mesmo, mas eu tb preciso de folga e descanso, pq senao eu nao aguento e aí sou eu que adoeco.

E lá na outra clínica, parece que estao gostando de mim, perguentei né claro e a resposta foi poisitiva.
Já até me ligaram hj na minha folga pra cobrir alguém amanha que está doente, avisei que amanha to na primeira clinica, entao tudo ficou entendido, pq senao iria cobrir mesmo, claro mostrar prestatividade, isso conta pontos positivos com certeza.

Entao to aqui relaxando no sofa, net, tv, marido do lado, comidinha feita pelo amado e fuiii :)


sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Gripe

Gente eu nunca tinha ficado gripada nessa Alemanha sério.
Mas essa semana caí numa gripe de lascar.
Corpo todo doído, garganta inflamada, tosse seca de cachorro, dor no peito/pulmao, dor de cabeca, dor daqui, dali, aff...
E a voz, rouca que nem de travesti rs (gente essa parte é brincadeira, por favor nao vao me linxar).
Será que foi o clima, o tempo frio?
Ou será pq agora todos os dias estou numa clínica cheia de doentes?
Tá q os problemas de saúde tratados por lá, nao sao nada contagiosos, mas sei lá né nao...
Marido tb pegou
Mas já estamos medicados e melhorando, nem posso me dar ao luxo, oi, comecei  trampo novo, nao quero problemas por lá.

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Tudo novo de novo

Todo mundo que passa por aqui tá careca de saber que tenho um Nebenjob numa clínica.
Nebenjob na Alemanha é um pequeno trabalho.
No segundo semestre do ano passado consegui um emprego Teilzeit.
Teilzeit é um emprego de meio período.
Só que esse emprego só durou 3 meses, a culpa nao foi minha, simplesmente a empresa estava passando por necessidades.

Mas a nova é que consegui um outro emprego.
Onde? Advinhem?
Nessa clínica que já trabalho.
Como foi isso?

Estou linda procurando empregos na net e descobri uma vaga na mesma clínica que já trabalho.
Essa clínica é uma rede na verdade, tem em várias cidades aqui da minha regiao.
O que eu fiz ou melhor o que eu com a ajuda de um alemao, meu marido claro fizemos, entramos em contato com meu chefe atual sobre essa vaga e sobre a possibilidade para mim.
Podia ter mandado meu curriculo, mas acho que ia passar despercebido talvez por eu ser estrangeira...

Meu chefe na verdade nao me conhece muito, pq ele é novo e minha antiga chefe foi gerenciar outra clínica dessa rede.
Gente esse atual  chefe, me deu uma forcinha, me ajudou, simplesmente entrou em contato com o chefe responsável pela vaga da outra clínica e falou sobre mim.
Como meu chefe é novo conversou com minha colega chefe que já conhece meu trabalho nesses 2 anos que foi só elogios sobre mim e a mesma informacao ela repassou ao chefe responsavel pela vaga que procurou saber sobre mim, claro né, oi.
Resumo da ópera eles me deram a vaga, assinei o contrato e em menos de uma semana comecei a trabalhar e olha que foram muitos curriculos entregues por outros interessados.
Mas pq me deram a vaga?
Pq nesses 2 anos eu trabalhei corretamente, sempre que solicitada nunca disse nao e conheco o sistema de trabalho da clínica.

A clínica nova é enormeee, de reabilitacao, especialista em ortopedia, problemas cardíacos, problemas psicossomáticos, diabetes, dietas e reeducacao alimentar e sei lá + o q...
Meu trabalho agora é Vollzeit, tempo integral.
E comecei a trabalhar essa semana.
A equipe pareceu tranquila.
E minha colega gerente foi muito bacana, atenciosa, me explicando todo trabalho.
Espero que continue assim e pra melhor  :D




domingo, 10 de fevereiro de 2013

"CaUsos" (clínicos)

Um paciente com específico histórico puxa conversa e diz: 

Você trabalha aqui há mais de 2 anos. Eu respondo: Sim. 

Ele pergunta mais: Você vem do Brasil? E eu digo sim.

 Ele continua: Onde vc estudou alemão. Eu digo aqui. E ele aqui, na clínica? Aff eu quiz dizer na Alemanha, raciocínio lento dele viu. Ele novamente continua, na escola? Eu respondo sim. E ele, mas onde? Eu respondo o nome da cidade alemã onde estudei e a instituição.

 Ele prossegue você faz Faculdade na Alemanha? Respondo fiz no Brasil.

 E ele continua... Mas vc pode ficar na Alemanha? Eu respondo sim, sou legalizada, tudo direitinho, mas a vontade foi de inventar e dizer q nada sou ilegal e pintar a coisa feia c ironismo.

 Ele começa a falar de trabalho, pergunta se trabalho, trabalhei em outros lugares na Alemanha? Respondo outro lugar q trabalhei e de outra pretensão. E o senhor diz, nossa mas tal lugar é grande, isso e aquilo.

 E aí o q ele está pensando de mim? 

E o que eu estou pensando dele?

obs.: o paciente é quase morador da clínica, tb está lá o mesmo tempo q eu, só q eu trabalho, ele vai p casa e volta sempre p  SPA, isso sem contar acho q ele já era paciente antes mesmo de eu trabalhar lá.

sábado, 26 de janeiro de 2013

Niederlassungserlaubnis

Finalmente!!! Recebi essa semana e só felicidade.
 Mas o que é isso oi? Simplesmente a residência definitiva. Nao preciso mais renovar visto. Aqui na minha regiao recebi 2 vistos o primeiro só de 1 ano e depois de 2 anos, agora nao tenho mais que ir naquela merda de lugar pedir, renovar visto. O documento é mais ou menos assim.


Detalhe que a moca bonita falou que nao adianta andar só com esse documento aí, se um dia na vida assim acontecer de haver controle, policiais me pararem e me pedirem documentos tenho que andar com o passaporte brasilis tb, só ele nao basta, entao ele é o fraco, pq quem eu sou de verdade é brasileira e ponto...

Pra receber esse negócio aí tive que:
Estar/morar na Alemanha, no minimo 3 anos.
Tirar um novo passaporte brasileiro, pq o antigo ainda estava com o nome de solteira.
Apresentar documento de moradia, se alugado, contrato de aluguel.
Do proprietário do imóvel um questionário respondido e assinado por ele falando desde qaundo moramos no imóvel e se pagamos diretinho, oiaa...
Nebenkosten, que diz quanto se gasta com água e sei lá + o que.
Os três últimos contra-cheques do marido (é pra ver se ele pode me sustentar oi).
Da estrangeira, eu no caso, o Certificado do Curso de Integracao, curso de alemao até o B1 (eu tenho, senao colega, nao rola esse documento nao...).
Se a estrangeira trabalha, apresentar tb 3 os últimos contra-cheques, eu apresentei do trabalho e do pequeno trabalho (Nebenjob), a loka e o medo.
Levar uma fotinha.
Pagar de 135 até 250 euros, gracias que só pagamos 135 euros, mas doeu, sinto muitas dores no bolso.
Eles avaliam tudo, caso o que ele e (vc) ganhem nao dê pra se sustentarem de acordo com os cálculos que os Nazi fazem vc nao recebe oi... e aí? Nao sei, recebi rs.
E esperar quase uma vida, quase 2 meses, pq tudo vai pra central em Berlin (e eu ficava pensando tá demorando d+ esse negócio, eles vao me negar) vixe agora toda a Alemanha já sabe de mim. To famosa, acabou a privacidade rs óh o medo, medaaa...

Entao é isso, foi isso, mas quero +++ hum... :)





  


sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

das histórias

Hoje vou contar uma história q aconteceu comigo aqui na Alemanha há algum tempo.

Qaundo vim morar na Alemanha decidi que tinha que comecar a me aculturar o mais rápido possível com a cultura alema e o primeiro passo foi estudar o idioma e assim o fiz.

Nao tinha muito contato com brasileiros, os poucos que conhecia estabeleci um limite, até pq os brasileiros por aqui sao muito estranhos, tive uma má impressao deles, nao senti abertura para amizades verdadeiras.

Mas isso nao descarta a falta da nossa cultura, eu sentia falta de brasileiros, de gente como eu e principalmende de falar português, minha língua materna, esse nome materno já diz tudo.

Me lembro de um dia estar em um churrasco alemao, meu alemao ja estava bom, mas aí chegou um espanhol e nos identificamos, pela proximidade do idioma, nós nos entendiamos, senti que tanto eu e ele estavamos muito alegres por um momento na Alemanha nao ter que falar alemao, na verdade estavamos sentindo falta de algo mais proximo de nós, por exemplo o idioma, pois nao precisavamos nos esforcar tanto mentalmente como p falar alemao, fluía facilmente.

Sim continuamos nosso papo no portunhol, os alemaes ficavam nos olhando, querendo entender, incomodados um disse pq vcs nao falam alemao? Poxa! Quer dizer que somos proibidos agora de pelo uma vez na vida (ou na morte) de falar nosso idioma? Minha resposta foi nao e continuamos nosso papo no portunhol.

Agora no ano novo eu era a única estrangeira no meio de um grupo de alemaes, nao conhecia todo mundo, conversa vai conversa vem,  alguns perguntaram de onde eu era e eu disse do Brasil, nessa hora falaram nossa vc fala bom alemao, tenho ouvido isso ultimamente, nao estou falando isso para me gabar ou aparecer, mas é pq realmente estou falando bem, no meu trablho escuto a mesma coisa, mas o que mudou mesmo é que antes eu era insegura, envergonhada e hj falo com mais seguranca, sem vergonha, as palavras  fluem naturalmente.

Sim mas na hora da chegada do ano novo brindei em alemao,  mas fiz questao de brindar tb em português e de deixar bem claro isso para os alemaes que estou aqui há quase 4 anos e que por mais que fale alemao, sou brasileira, tenho minha lingua materna e sinto falta das minha raízes, sou gente, nao sou só uma estrangeira q tem q se adptar, adaptada ja estou.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Posts...

Gente eu até tenho o que postar, mas ando cansada, com cositas p resolver, trabalho, idéias,... enfim, nao vou sumir, mas assim q der volto e dou o ar da graca ok :D

sábado, 5 de janeiro de 2013

2013...

q número 13, eu gosto dos números ímpares, acho diferente, uns dizem q nao é bom número, mas eu penso diferente e acho q esse ano vai ser bom, to esperando coisas boas, aff q papo esse meu né, a loka ;)

mas antes quero falar do/a Sylvester, por aqui na Alemanha a maioria das pessoas se reúne na casa de alguém, tem a comida típica Raclette ou Fondue e por aí vai, coisa simples, pessoas simples nada de branco e etc., cada um leva algum item comidas e/ou bebidas, aí chega meia- noite todo mundo sai e solta uns foguinhos, coisa tímida, nada como as bombas no Brasil, depois nao demora muito todos pouco a pouco vao pra casa.

Eu fui cedo rá, no primeiro dia do ano fui trampar nos loucos.

 Ah! claro tem uns chiquetoes q vao pra disco, com seus vestidos glamurosos, branco, prata, dourado, ... como se estivessem no Brasil,vi umas fotos assim de brasuzacas por aqui, nada contra...

E o que eu to pensando pra 2013:
1. Quero mais privacidade, controle nas redes sociais.
2. Ler mais, no momento to lendo Fernando Pessoa e Nietzsche.
3. Estudar de novo e mais alemao e outros temas, assuntos...
4. Arrumar certos documentos.
5. Quero outro trampo, mudar.
6. Rever minha família no Brasil.
7. Ah! engravidar!?
8. E chega o resto nao sei mais.

Essa listinha nao tem nada de espetacular, sao coisas simples, da vida de qualquer ser humano...

Um 2013 massa pra todo mundo :)