quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Sao tantas coisas...

Nao é a música da Roberta Miranda, mas sao tantas coisas, tantos sentimentos.

Do início, de como ser estrangeiro, de como se sentir como tal.

Eu digo que meus primeiros sentimentos foram de euforia do novo, da novidade, daquele deslumbramento que passa tao rápido, acontece c todo mundo, se nao aconteceu c vc, vai fazer a linha ali na esquina tá, sim claro, mas os dias vao passando e vem a rotina, a realidade...

Ah! a realidade, querido(a) vc tem que fazer as mesmas coisas que fazia no seu país, Brasil, ou seja la onde for.

No seu país vc foi criancinha, nao foi? E estudou, estudou, aí cresceu e foi trabalhar,... e aqui rola do mesmo jeito como em qualqer outro lugar.

Entao colega, no seu novo país vc tem que estudar de novo e lá fomos nós, tem gente que nao estuda logo, uns pq nao podem, nao conseguem, entendo, mas outros pq nao querem mesmo, outros por medo de errar, enfrentar, fácil nao é, mas tb um monstro nao pode ser ou por pura preguica, isso todo mundo sente, somos humanos, ora, ora, mas permancer nessa vibe nao mesmo.

O curso de alemao, to falando mesmo é do início, foi pank, tudo em alemao, os professores se recusavam falar qualquer outro idioma, tem que entender  é em alemao, sem dó, nem piedade, típico dos alemaes, nao, nao, nao, agora to generalizando e sendo pre-conceituosa, nem todos sao assim. E sim os professores estavam certos.

A cabeca doía e como aff, vc se esforcava, eu me esforcei muito, chorei, ah! chorei, sim chorei, sou humana e gracas a Deus tenho muito sentimento, típico da minha natureza, de quem vem dos trópicos como eu, ei, mas na maioria das vezes na cama que é lugar quentinho e próprio p isso.

O curso de alemao passou, o estudo de alemao nao e  aí seguem outras lutas, ganhar o teu ou melhor o meu, trabalhar, em alguma coisa vc tem que comecar, em casa é que nao dá, estágio, nebenjob(pequeno trabalho), teilzeit (meio período), vollzeit (tempo integral).

E no trabalho, no meu posso dizer que 99,9% foram ultra-mega legais, tiveram paciência, me respeitaram mesmo, me esclareceram, repetiram p que entendesse, mas 0,1% a cobra loura, véia  (nao é velha nao! é véia mesmo) e de olhos azuis, foi totalmente desrespeitosa, a palavra que a melhor traduz é má, mas já contei em outros posts.

Chorei? Sim chorei de novo, aguentei até o dia que em que meu sangue quente ferveu, eu sabia, eu sei que meu sangue ferve, ou entao nao seria brasileira e ainda mais por cima nordestina, aí eu dei aquela voadeira e a bruxa mudou e se tranformou em lobo com pele de cordeiro, mas a sua substância maligna está lá eu sei e hj com quase 2 anos por lá, meus outros colegas de trabalho já se abrem e falam ela sempre foi assim com todos, um dia tá rindo com as paredes, no outro tá cuspindo fogo (meio má), nós a aguentamos, suportamos, fazemos vista grossa e eu nem falo das cusparadas que ela me deu, mas desculpa isso p mim se chama infelicidade, uma pessoa infeliz, doente que precisa de tratamento psicológico e ela já está no lugar ideal numa clínica específica para isso, entao aproveita e se interna, filha do capiroto. Ah! Schade o Krankenkasse dela nao paga uma diária que custa 300 euros, nao tem o Privatkrankenkasse que dá atendimento Vip...

Tempos e sentimentos diferentes choro, medo, timidez, mas tb coragem, atrevimento,...

E amanha é o meu primeiro dia de trabalho no emprego novo e já tem tanta coisa acontecendo, mas conto depois.

10 comentários:

  1. oi Barb! voc6e esta vivendo uma fase nova... eu ainda estou engatinhando por aqui...
    hoje mesmo estou numa choradeira.... triste, me sentindo muito sozinha... foi bom viu ler seu post, vi que não é só eu que fico assim... me sentindo a mais burras da terra... sabe quando vc quer fechar os olhos e passar rapido o tempo... hoje eu estou assim infelismente....
    Mas confio em Deus, tudo vai dar certo...
    beijossss... desculpe o desabafo... é que me senti a vontade com o teor do post.... :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ôh Ana fica assim nao, tente melhorar esse astral, mas se nao der chore, chore quantas vezes for necessário e nem se sinta fraca por isso, pensamos que nao faz bem, faz bem sim, lava alma, alivia, pior é prender, adoece, somos humanas de carne, osso e muito sentimento, somos mulheres né, e vc nao é única a se sentir assim e depois é só levantar a cabeca e seguir. Hj to numa vibe boa, mas isso nao quer dizer que está tudo perfeito, tá nao, mas tá melhorzinho, e a gente continua ajeitando as coisas, sempre e meus momentos de choro, crise voltam viu. Com vc, c todos é só uma questao de tempo vc vai ver. Beijos no seu coracao.

      Excluir
  2. Olá Barb e Ana!
    Procurem aquela musiquinha na net: Tô nem aí, tô nem aí.
    Não é brincadeira, me ajudou numa fase difícil.
    Claro que a música é bobinha, mas me fazia lembrar que sou mais importante que os outros (para mim, claro)!
    Um abraço do leste paulista,
    Cri.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá Cris rá,rá,rá, boa musica p certas situacoes, é isso aí somos importantes, auto-estima sempre, seja bem vinda e volte sempre, abs pro leste paulista do sudoeste alemao :)

      Excluir
  3. Que post lindo Barb! Me emocionei com sua história! Espero que essa nova fase te traga muitos frutos bons, pois o plantio você soube fazer, agora chegou a hora de colher! Muito boa sorte Verinha! Fico na torcida por você!
    Grande beijo e parabéns pelo novo emprego!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana obrigada pelas felicitacoes, pela torcida e eu to aqui tb na mesma vibe por vc, bjim :)

      Excluir
  4. Muito boa sorte nesse novo emprego e que o ambiente de trabalho seja alto astral! Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mallu quero sorte mesmo principalmente p q dê certo e possa permanecer e continuar seguindo, abs.

      Excluir
  5. A rapadura e doce mais nåo e mole nåo ne Barb\?O povo acha que a gente vem pra zoropa e tem uma vida de princesa, como diz o ditado o povo so ve as pinga que a gente toma e nåo os tombos que a gente leva rsrs.
    O comeco nåo e facil pra ninguem, agora ficar na janela vendo a vida passar tbm nåo da, pelo menos eu nåo sirvo pra isso.
    Muita sorte no seu novo trabalho, tenho certeza que essa experiencia sera mto melhor que a primeira.
    Um bjoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois num é o povo é besta d+ pensa q todo mundo é rico, só se for de brisa, espero q essa experiência seja mais um aprendizado e boa sorte, muita sorte p vc tb, bj.

      Excluir